Dani Alves fala sobre buscar o ouro com a Seleção olímpica: 'São desafios que me movem'

·1 minuto de leitura


O lateral-direito Daniel Alves não escondeu sua euforia por fazer parte da Seleção Brasileira que buscará o ouro na Olimpíada de Tóquio. Em entrevista divulgada pela CBF TV na manhã desta sexta-feira (10), o jogador de 38 anos falou sobre como é tentar mais um título para sua coleção.

> Dani Alves usará a 13. Confira a numeração da Seleção olímpica!

- Costumo dizer que homens sem sonhos são homens sem vida, né? Enquanto a gente tiver vida, tem de sonhar. Hoje (quinta-feira passada), está sendo especial pra mim vestir essa camisa. É sempre uma honra vestir a camisa do seu país, defender sua bandeira, seu povo, representar o Brasil - declarou.

> Veja o caminho da Seleção na Olimpíada!

Em seguida, o futuro camisa 13 em Tóquio admitiu que tem uma missão árdua pelo caminho.

- Sei do peso que é participar uma Olimpíada, defender uma medalha. São desafios que me movem e que movem a rapaziada - declarou.


O veterano falou sobre o fato de ser uma referência para um grupo de jovens.


- O que puder, vou compartilhar com essa rapaziada que sonha ser muito grande. Há um caminho por cumprir e é sempre uma troca de experiências bacana, pois os jogadores de hoje têm muito a ensinar. A troca vai ser importante e passamos a defender com hombridade esta medalha - disse.


Dani Alves se juntou ao grupo na quinta-feira passada (8), assim como a maioria dos jogadores que atuam no futebol brasileiro. A Seleção teve uma mudança de rota em parte de seu planejamento: após o período em São Paulo, partirá para a Sérvia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos