Dana White revela que médico do UFC elogiou "melhor forma física de McGregor"

Após passar 2019 longe dos octógonos e envolvido em polêmicas na sua vida particular, Conor McGregor retorna à ativa no próximo sábado (18), diante de Donald ‘Cowboy’ Cerrone, no UFC 246, em Las Vegas (EUA). E, ao que parece, o ex-campeão peso-pena (66 kg) e peso-leve (70 kg) do Ultimate está na melhor forma dos últimos tempos.

Ao site ‘TMZ Sports’, Dana White – presidente do UFC – revelou que o médico da entidade confirmou a boa preparação feita por McGregor para o combate contra Cerrone após examiná-lo. Apesar disso, o dirigente relembrou o longo período pelo qual o irlandês passou afastado dos octógonos, e a consequente falta de ritmo que ele possa sentir no seu retorno, para indicar que a boa forma do ex-campeão não justifica o favoritismo exagerado, segundo ele, sobre ‘Cowboy’.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Estou ouvindo que ele está em ótima forma no momento. O médico do UFC está falando que ele acha que Conor está na melhor forma que ele já viu. Sua cabeça parece estar no lugar certo. Ferrugem de ringue é real – eu acredito nisso. Vamos ver como acontece. E eu acho que o nível de desrespeito demonstrado com ‘Cowboy’ Cerrone pela mídia, muitos fãs, e definitivamente as casas de apostas em Las Vegas, é insano”, declarou Dana White.

Empenhado em diminuir a percepção de favoritismo do irlandês sobre Cerrone, ainda que tenha admitido sua excelente preparação, Dana citou a maior adaptação do americano à divisão dos meio-médios (77 kg), na qual o combate será disputado. Nem mesmo as duas derrotas consecutivas do ‘Cowboy’ diminuem a esperança do presidente do UFC em ver um duelo equilibrado no próximo sábado.

“Essa luta é interessante em vários níveis diferentes. Obviamente Conor está afastado por um tempo. Conor lutou duas vezes até 77 kg, ele tem uma vitória e uma derrota até 77 kg. Acredito em ferrugem de ringue. ‘Cowboy’ Cerrone já teve duas derrotas seguidas antes, e voltou. ‘Cowboy’ Cerrone é quase um daqueles caras que precisa de algo grande para lutar. É mais do que apenas dinheiro, todas as coisas que cercam isso. Esse é o tipo de luta que ‘Cowboy’ Cerrone é um estraga prazeres. Esse é o negócio dele. Esses são os tipos de luta que ele gosta de estar presente”, explicou Dana, antes de completar.

“Cerrone lutou até 77 kg muitas vezes, e fica confortável até 77 kg. Conor McGregor provavelmente vai pesar 76 kg, ou algo próximo disso. É difícil para Conor atingir 77 kg. Então, é uma luta muito interessante com dois dos mais cascas-grossas no negócio na história, e é uma (luta) divertida”, concluiu o presidente do UFC.

Conor McGregor está afastado dos octógonos desde outubro de 2018, quando foi finalizado por Khabib Nurmagomedov em disputa válida pelo cinturão dos leves do Ultimate. Já Donald Cerrone vem de duas derrotas consecutivas na organização, para Tony Ferguson e Justin Gaethje, respectivamente.

Leia também