Dana White garante surra de McGregor em Malignaggi: "Eu estava lá"

Faltam quase dez dias para uma das lutas de boxe mais aguardadas dos últimos anos, mas o assunto que ainda domina o noticiário é a polêmica envolvendo Conor McGregor e Paulie Malignaggi na preparação do irlandês para encarar Floyd Mayweather, em duelo marcado para dia 26 de agosto. E agora quem entrou em cena foi Dana White, presidente do UFC.

Em entrevista ao programa ‘Randomer Sports’, o dirigente falou sobre o sparring dos dois atletas que culminou com a desistência do americano em fazer parte da preparação de McGregor após a equipe do irlandês publicar uma foto onde aparentemente o ex-campeão mundial de boxe leva um knockdown. Revoltado com a imagem, Malignaggi abandonou o camp e pediu para que o vídeo do treino viesse a público.

A película com todos os rounds do sparring ainda não está disponível, mas o momento em que Malignaggi vai ao solo pode ser visto abaixo (ou clique aqui). Dana White, que estava no local no momento em que os atletas treinavam, saiu em defesa de McGregor e garantiu que o irlandês foi amplamente melhor que seu oponente.

“Eu estava lá nos 12 rounds. E Paulie disse algumas coisas malucas, algumas coisas ruins sobre mim. Eu sinto muito pelo cara, porque foi uma luta de um cara só. Tem muita gente dizendo que o Conor não consegue ser pugilista. Enfim, Paulie está obviamente mentindo sobre tudo o que ele disse sobre o sparring deles”, afirmou o mandatário do UFC.

Falando sobre o duelo contra Mayweather, Dana voltou a alertar para a enorme capacidade de McGregor em fazer aquilo que todos duvidam que ele seja capaz. Sendo assim, o presidente do UFC está propenso a acreditar na promessa do seu empregado de que vai sair vencedor em apenas quatro rounds.

“Faz muito tempo que eu parei duvidar de Conor McGregor. Esse cara fez tudo o que ele me disse que iria fazer. E ele disse que vai nocautear Floyd Mayweather em quatro rounds”.