Dana estima bolsas milionárias para McGregor e Mayweather

Dias depois de dizer que a superluta entre Conor McGregor e Floyd Mayweather está longe de ser fechada, o presidente do UFC Dana White deu uma boa notpicia aos fãs. Segundo ele, um acordo com o irlandês está próximo, e até mesmo uma estimativa das bolsas dos atletas já pode ser projetada pelo dirigente.

Segundo Dana, após fechar o acordo com Conor, a segunda etapa é se reunir com a equipe de Mayweather. Ele explica que a superluta não terá participação do UFC, e volta a rasgar elogios a McGregor.

- Acho que nós conseguimos resolver o lado do McGregor nos próximos dias. E depois eu me tranco em uma sala por alguns dias com a equipe de Mayweather e vemos o que conseguimos (...) Ele (Mayweather) gosta de pensar que é o "Lado A" da negociação e deveria ganhar mais por isso. Ainda não chegamos nessa negociação ainda. Queria fechar McGregor primeiro, pois ele está sob contrato comigo. E no fim do dia, essa luta faz sentido pra mim? Definitivamente não. Mas Conor quer muito isso e já disse muitas vezes, o garoto chegou junto e salvou algumas grandes lutas pra mim, então estou dentro. Vou resolver isso para ele - detalhou o dirigente, em participação no programa "The Herd".

Perguntado a respeito das bolsas que cada lutador deve receber com a realização da luta histórica, White deu uma proporção dos valores que serão gerados com a luta.

- Isso depende de quanto a luta deve vender. E se a luta vender o que eu acho que vai vender, Floyd ganha pouco de US$ 100 milhões (cerca de R$ 314 milhões) e Conor faz US$ 75 milhões (R$ 263 milhões) - projeta o dirigente.

Após a declaração, Conor McGregor publicou uma mensagem em sua conta no Twitter onde diz "sou grato pelo queijo", uma frase usada para se referir a dinheiro como forma de gíria.









E MAIS: