Damião faz três gols, e reservas do Flamengo goleiam a Portuguesa

Paulo Victor Reis

Com grande atuação do oportunista Leandro Damião, o Flamengo goleou a Portuguesa, por 5 a 1, na noite deste sábado, no Estádio Raulino de Oliveira em Volta Redonda. O suplente de Guerrero fez três gols, Juan fez o primeiro dele nesta segunda passagem pelo time da Gávea, e Paquetá fez o quinto. O Rubro-Negro atuou com o seu time reserva e foi infinitamente superior ao adversário na estreia de ambas as equipes na Taça Rio.

Aos cinco minutos do primeiro tempo, já era possível imaginar o panorama da partida. A Portuguesa mantinha dez jogadores atrás da linha do meio campo e não pressionava a saída de bola do Flamengo, que, por outro lado, partia para cima. Em menos de 15 minutos, o Rubro-Negro criou três boas chances de abrir o placar, mas parou no goleiro Luciano. Na casa dos 19, após muita insistência e pressão, Leandro Damião abriu o placar. O atacante recebeu ótima assistência de Juan, de calcanhar, após escanteio, girou em cima do marcador e mandou para a rede.

O time de Zé Ricardo ampliou aos 31 minutos novamente com Damião. Bem posicionado, o atacante aproveitou um bom cruzamento de Rodinei e cabeceou como manda o manual, para o chão, sem dar chances de defesa para o goleiro. Antes inofensiva, a Portuguesa diminuiu aos 34, com Marcão. O zagueiro subiu mais alto do que a defesa rubro-negra em cobrança de falta para a área e encobriu Thiago com belo toque de cabeça. Pouco depois, aos 35, Damião fez o terceiro dele na partida. Ele aproveitou rebote de uma finalização de Felipe Vizeu e, na base da raça, empurrou para o gol.

Temendo a goleada, a Portuguesa voltou do intervalo com mais um zagueiro. No entanto, não adiantou. O Flamengo chegou ao quarto gol com o experiente Juan. Logo aos 5 minutos, Matheus Savio cruzou da esquerda, e o capitão rubro-negro subiu bem e cabeceou sem defesa para Luciano.

Muito à vontade, a equipe da Gávea seguiu criando oportunidades. O jogo estava tão fácil que até mesmo os volantes do Flamengo se arriscavam no ataque. Márcio Araújo chegou bem em duas chances, mas não deu sorte nas finalizações.

Berrío entrou no lugar de Damião e também tentou deixar o dele. O colombiano deu velocidade ao ataque e sofreu a falta que deu origem ao quinto gol. O goleiro Luciano foi expulso ao tentar parar o jogador rubro-negro. O jovem Lucas Paquetá cobrou a falta com categoria, no ângulo direito do atacante Fabiano Oliveira, improvisado como goleiro.

FICHA TÉCNICA:
FLAMENGO 5 X 1 PORTUGUESA

DATA/HORA: 11/3/17
LOCAL: Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
ÁRBITRO: Lenilton Rodrigues Gomes Júnior (RJ)
AUXILIARES: Daniel do Espírito Santo (RJ) e Luiz Antônio Muniz (RJ)
CARTÕES AMARELOS: Marcinho Pitbull e Fabinho (POR); Paquetá (FLA)
CARTÃO VERMELHO: Luciano (POR)
PÚBLICO E RENDA: 1.301 pagantes; 2.039 presentes / R$ 30.980,00
GOLS: Leandro Damião, 19'/1° T (1-0), 31'/1°T (2-0) e 34'/1°T (3-1); Marcão, 34'/1°T (2-1); Juan, 5'/1°T (4-1); Paquetá, 47'/2°T (5-1)

FLAMENGO: Thiago, Rodinei, Donatti, Juan e Renê; Márcio Araújo (Ronaldo, 16'/2°T), Cuéllar, Gabriel e Matheus Savio (Lucas Paquetá, 18'/2°T); Felipe Vizeu e Leandro Damião (Berrío, 24'/2°T) . Técnico: Zé Ricardo.

PORTUGUESA:

Luciano, Erick, Marcão, Pessanha (Índio, 34'/2°T) e Jacozinho; Marcinho Pitbull, Muniz (Fabinho, 21'/2°T), Silvano (Rodrigo Almeida, intervalo), Romarinho e Maicon Assis; Fabiano Oliveira. Técnico: Nelson Rodrigues.























E MAIS:

Leia também