Dakar: Sainz lidera primeiro estágio; Varela e Justo vencem nos UTVs, mas são punidos

Rachit Thukral
·3 minuto de leitura

Carlos Sainz superou Stephane Peterhansel no estágio de abertura do Dakar 2021, estabelecendo o 1-2 para a equipe X-Raid Mini na Arábia Saudita.

A liderança na categoria de carros mudou de mãos várias vezes durante a etapa de 277 km de Jeddah a Bisha, enquanto Nasser Al-Attiyah cedeu três minutos no trecho inicial de 37 km e imediatamente ficou de fora da briga.

Leia também:

Dakar: Dupla brasileira nos carros classifica prólogo como “ótimo” Com cuidados no presente e olho no futuro, Dakar larga neste domingo; entenda Entenda “milagre” que salvou edição de 2021 do Dakar

Sainz, que sofreu um furo de pneu no prólogo e largou em 28º, teve um grande revés ao perder mais de três minutos no penúltimo trecho, mas voltou com força na reta final do dia, vencendo a etapa por 25 segundos.

Isso o colocou apenas oito segundos à frente de Peterhansel na classificação geral, ajudado com um furo de pneu do rival nos últimos 50 km da etapa.

Os brasileiros Marcelo Gastaldi e Lourival Roldan finalizaram a abertura do rali em 12º. Guiga Spinelli e Youssef Hadad concluíram em 30º. Eles estão em 12º e 30º na classificação geral, respectivamente.

Brasil nos UTVs

A dupla Reinaldo Varela e Maykel Justo até chegou a conquistar a vitória no primeiro estágio do Dakar, ao completar o percurso de Jeddah a Bisha em 3h43min32s. Mas mais tarde foi constatado que os brasileiros entraram em uma zona de velocidade controlada a 4km/h acima do permitido. A organização puniu o UTV brasileiro em 1 minuto e agora eles estão em terceiro lugar na competição geral.

Vitória de Price nas motos

Toby Price começou sua busca pelo terceiro título do Dakar, enquanto o atual campeão, Ricky Brabec, teve um primeiro dia difícil.

Piloto da Honda, Brabec teve problemas de navegação no início do estágio, caindo mais de 13 minutos nos primeiros 37 km.

As coisas não melhoraram para o piloto americano depois disso, que completou a etapa em 24º, depois de ceder 18 minutos e 32 segundos para Price, da KTM.

Nono no prólogo, Price assumiu a liderança sobre Xavier de Soultrait na marca de 135 km e terminou a etapa com 31 segundos sobre Kevin Benavides, dando a si mesmo uma pequena vantagem de 23 segundos na classificação geral.

Carros

1

Carlos Sainz

Mini

3hr12m20s

2

Stephane Peterhansel

Mini

8s

3

Martin Prokop

Ford

2m59s

4

Mathieu Serradori

Century

6m13s

5

Yasir Seaidan

Century

7m53s

6

Khalid Al Qassimi

Peugeot

7m53s

7

Giniel de Villiers

Toyota

8m43s

8

Nani Roma

BRX

9m22s

9

Jakub Przygonski

Toyota

9m22s

10

Nasser Al-Attiyah

Toyota

11m58s

Motos

Pos.

Piloto

Moto

Tempo/Dif

1

Australia

Toby Price

KTM

3h43m58s

2

Argentina

Kevin Benavides

Honda

23s

3

Austria

Matthias Walkner

KTM

1m12s

4

United Kingdom

Sam Sunderland

KTM

4m11s

5

Spain

Lorenzo Santolino

Sherco

4m59s

6

Argentina

Franco Caimi

Yamaha

5m16s

7

France

Xavier de Soultrait

Husqvarna

5m23s

8

United States

Skyler Howes

KTM

5m45s

9

Argentina

Luciano Benavides

Husqvarna

7m05s

10

United States

Andrew Short

Yamaha

8m30s

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Confira DEZ motivos para ficar ligado na temporada de 2021 da F1

PODCAST: Quem ou quais foram os maiores fiascos da F1 em 2020?

Your browser does not support the audio element.