D’Alessandro diz que Inter foi melhor que “time da série A” no Gre-Nal

Nome muito importante para o empate conquistado pelo Internacional fora de casa contra o Grêmio neste sábado, o argentino D’Alessandro elogiou muito a atuação da equipe colorada no 412º confronto entre os maiores do Rio Grande do Sul. Após a partida, o meio-campista exaltou o time do Inter e deu uma certa provocada nos rivais.

“Foi demais. Não teve festa. Jogamos muito bem. No primeiro tempo também, mas tivemos alguns errinhos em contra-ataque. Eles têm qualidade, tão entrosados. Vão jogar a série A, mas um time da série B jogou melhor aqui hoje”, afirmou D’Alessandro na saída do campo, muito animado e rebatendo as previsões da mídia gaúcha, que não acreditava na equipe colorada para o clássico.

“Jogamos com um a menos no final, a coxa do Carlinhos abriu. Mostramos que o Inter é muito grande. Muita gente da mídia falou que ia ter festa aqui, mas o Inter é muito grande”, desabafou o argentino.

D’Alessandro esteve presente em ambas as jogadas que resultaram nos gols de Roberson e Brenner. O jogador, contudo, levou seu terceiro cartão amarelo já nos acréscimos e irá desfalcar o Inter na próxima partida, contra o Juventude.

“O primeiro tempo demorou para a gente se acertar na marcação. Quando emparelhou o jogo, jogamos muito melhor. Podíamos ter chegado ao empate no primeiro tempo”, analisou o meio-campista após os noventa minutos.

Autor do primeiro gol do Inter, Roberson ressaltou o papel do técnico Antônio Carlos Zago no empate. “Pude entrar no jogo, movimentar bastante, finalizar bem e mudar a partida. Eles estavam no controle, ganhando todas no meio. O Zago pediu para entrar e controlar. A partir do gol buscamos o segundo e é um ponto importante”, contou o jogador.