Cuiabá elimina a Ponte Preta nos pênaltis e vai enfrentar o Goiás

O Cuiabá está classificado para a terceira fase da Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira, a equipe do Centro-Oeste conseguiu frear o ímpeto da Ponte Preta, que irritou a sua torcida no Moisés Lucarelli, e arrancar um empate por 1 a 1 com a bola rolando. Na disputa por pênaltis, venceu por 5 a 4, com Matheus Jesus desperdiçando a sua cobrança do lado dos donos da casa.

O adversário do Cuiabá na próxima etapa do torneio nacional de mata-mata já está definido. Será o Goiás, que eliminou o Boa Esporte também nos pênaltis, em Varginha. O jogo de ida terá mando da equipe esmeraldina, na semana que vem.

Antes dos pênaltis em Campinas, a Ponte Preta iniciou o jogo impulsionada pelos gritos de sua torcida e abriu o placar já aos 19 minutos. Lucca cobrou bem uma falta, acertando o ângulo do gol defendido por Henal.

Com a vantagem, a Ponte diminuiu bastante o ritmo e acabou castigada ainda na primeira etapa. Aos 37 minutos, Cleberson Tiarinha tirou proveito de uma sobra de bola após cruzamento na área e completou firme para a rede.

No segundo tempo, o jogo ficou ainda pior para a Ponte, que enervou a sua torcida e só não levou a virada por falta de oportunismo do Cuiabá. Os gritos de “raça” se transformaram em protesto ao apito final: “Vergonha… vergonha… time sem vergonha!”.

Nos pênaltis, a Ponte Preta converteu com William Pottker, Lucca, Ravanelli e Ramon, mas o chute de Matheus Jesus parou na defesa de Henal. Já o Cuiabá teve aproveitamento impecável com Dakson, Douglas Mendes, Robinho, Richard e Udson.

Classificado, o Cuiabá foi comemorar próximo dos torcedores da Ponte Preta, o que irritou Pottker. A confusão, no entanto, acabou rapidamente contida.