Cuca nega ‘Hulkdependência’ ao falar da boa fase do atacante: 'Não importa quem faça os gols'

·1 minuto de leitura


Hulk foi destaque mais uma vez no Atlético-MG após a vitória sobre o Bahia por 2 a 0, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. O atacante fez um dos gols, o outro foi anotado por Zaracho, e deixou sua marca nas redes baianas pela terceira vez em dois jogos, um pelo Brasileiro e o outro do mata-mata nacional, com apenas três dias de intervalo.

O técnico Cuca negou que haja uma “Hulkdependência” , apesar de celebrar a boa fase do jogador, que fez 16 gols e deu nove assistências pelo Galo na temporada.

Cuca preferiu exaltar o momento da equipe e rechaçou as críticas que vem sendo feitas pelo desempenho em campo. O treinador afirmou que se fosse torcedor, estaria feliz. Confira nos vídeos da matéria.

Cuca rechaçou que o Galo não foi a Buenos Aires tentar a vitória sobre o Boca
Cuca rechaçou que o Galo não foi a Buenos Aires tentar a vitória sobre o Boca

Cuca fez um discurso mais focado no coletivo, mas celebrou o bom momento de Hulk-(Pedro Souza/Atlético-Mg)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos