Cuca insiste em Tchê Tchê, mas SP terá que pagar bolada pelo jogador

Yahoo Esportes
Tchê Tchê, em entrevista coletiva, quando atuava pelo Palmeiras. Jogador quer voltar ao Brasil para atuar pelo SP. Foto: Marivaldo Oliveira/Código19/Gazeta Press
Tchê Tchê, em entrevista coletiva, quando atuava pelo Palmeiras. Jogador quer voltar ao Brasil para atuar pelo SP. Foto: Marivaldo Oliveira/Código19/Gazeta Press

Cuca não esconde de ninguém que gosta muito de Tchê Tchê. Em 2016, quando chegou ao Palmeiras, Cuca pediu a contratação do destaque do Audax, vice-campeão paulista na ocasião. Tchê Tchê foi titular com o treinador e um dos bons nomes na conquista do Campeonato Brasileiro.

Dois anos depois, Tchê Tchê foi vendido ao Dínamo de Kiev da Ucrânia por 4,7 milhões de euros(R$ 20,3 milhões no câmbio de hoje). Agora, os ucranianos só aceitam negociá-lo em definitivo, pedindo 5 milhões de euros(R$ 21,6 milhões). Um empréstimo é considerado muito difícil, segundo uma fonte ligada ao jogador. Tchê Tchê perdeu espaço entre os titulares e ficou fora até dos relacionados do Dínamo, na derrota para o Chelsea, pelas oitavas-de-final da Liga Europa. O meia aceita retornar ao Brasil, para atuar com Cuca, novamente. Tchê Tchê está com 26 anos.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia mais:

– Red Bull fica perto de comprar Oeste por R$ 35 milhões
– Carille e Sampaoli são melhores que os times que eles comandam
– Oposição do Palmeiras lança 3ª via pela presidência do conselho

Nesta terça-feira, deve acontecer uma reunião entre os dirigentes do São Paulo e o empresário do atleta, Nick Arcuri.

O blog apurou que a diretoria são-paulina deve disponibilizar R$ 45 milhões para Cuca investir em novos reforços. Diego Souza já foi liberado para o Botafogo e Araruna para o Fortaleza. Outros nomes devem sair, abrindo espaço para contratações.


Leia também