Cuca explica ausência de chances a Marcos Leonardo no Santos: 'Jovem em formação'

Fábio Lázaro
·1 minuto de leitura


Sem Kaio Jorge, entregue à Seleção Brasileira Sub-20, o técnico Cuca tem apenas o garoto Marcos Leonardo como centroavante de ofício à disposição no elenco do Santos. Ainda assim, não tem optado em escalar o atleta entre os titulares.

- Marcos Leonardo é um jovem em formação. Formação óssea e muscular. Não está pronto para jogar uma partida, tem que entrar gradativamente - afirmou o comandante santista m entrevista coletiva virtual concedida após o jogo.

No empate em 0 a 0 contra o Ceará, nesta quarta-feira (28), pelas oitavas de final da Copa do Brasil, na Vila Belmiro, o treinador não utilizou o camisa 38 nem no decorrer da partida. O trio ofensivo que iniciou o confronto foi o mesmo da derrota por 3 a 1 para o Fluminense, no último domingo (25), pela 18ª rodada do Brasileirão, no Maracanã, com Lucas Braga, Marinho e Soteldo. Mas diferentemente da partida no Rio de Janeiro, dessa vez Cuca optou com Braga como centroavante e Marinho na ponta.

Contudo, com a expulsão do zagueiro Lucas Veríssimo no fim do primeiro tempo, a estratégia do Peixe teve que ser modificada, o que culminou com que Marcos Leonardo ficasse no banco até o fim da partida.

- Centralizei o Marinho e até último minuto teve chance, quando o Prass pegou. Não posso abrir mão dele para colocar o Marcos Leonardo. Tenho mais chance de ganhar dessa forma. Equilibrei a equipe pelo lado com Arthur e Tailson depois do Braga e Soteldo. Com 11, Marcos seria uma alternativa para o decorrer do jogo, sim - disse Alexi Stival.

Além da ausência de Kaio Jorge, o Peixe também não tem Raniel, que está em recuperação após sofrer um trombose venosa na perna.