Cuca evita críticas à arbitragem, mas vê falhas no VAR: 'Não dá pra responsabilizar só o árbitro'

·1 minuto de leitura


O técnico Cuca não quis falar muito de arbitragem, que não marcou um pênalti reclamado para o Atlético-MG, na vitória de virada sobre o Santos, por 3 a 1, nesta quarta-feira, 13 de outubro, pela 26ª rodada Brasileirão.

O treinador do Galo apontou que os erros de campo não podem ser creditados apenas ao trio que comandou o jogo no gramado, já que o VAR não atuou em diversas situações, “entrando” na partida no segundo tempo, quando viu outras duas penalidades a favor dos mineiros, que foram marcadas, culminando na virada alvinegra.

Entretanto, Cuca evitou se prolongar sobre a atuação dos “apitadores” e elevou seu elenco, que teve baixas, como Hulk, que foi poupado, além de vários desfalques. Confira nos vídeos as análises do treinador atleticano.

Cuca evitou um embate contra a arbitragem e  focou em elogiar seus jogadores
Cuca evitou um embate contra a arbitragem e focou em elogiar seus jogadores

Cuca evitou um embate contra a arbitragem efocou em elogiar seus jogadores-(Pedro Souza/Atlético-MG)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos