Cuca e Atlético-MG fazem cálculos pelo primeiro título brasileiro depois de 50 anos

·2 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Cuca já confessou acordar de madrugada pensando e se perguntando: quantos pontos faltam para ser campeão brasileiro? O técnico já tem um número na cabeça para o Atlético-MG conquistar o título. Depois da vitória por 1 a 0 contra o América-MG, no último domingo (7), ele percebeu estar perto.

"Eu adoro falar em números porque só fico com eles na cabeça. Acordo de madrugada e é número, vai de manhã e são números. A gente vive pensando em números", disse ele após o 2 a 1 obtido contra o Grêmio, na semana passada.

Para o treinador atleticano, a meta é chegar aos 75 pontos. "Se batermos nisso, dificilmente alguém vai alcançar", projetou Cuca.

A oito rodadas do fim do Nacional, o time mineiro está com 65. Pelos cálculos de Cuca, faltam 10. Para o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais, a probabilidade de o Atlético ser campeão é de 95,5%.

Nos últimos 10 anos de Campeonato Brasileiro, o campeão fez em média 77,8 pontos. São 2,8 pontos a mais (ou uma vitória) do que imagina Cuca. Neste caso, faltariam 13 para confirmar a conquista.

Mas os dados são variáveis. O Flamengo foi campeão na última temporada com 71. O Atlético precisaria de apenas mais duas vitórias para chegar a esse número. Em 2019, o rubro-negro carioca levantou o troféu com 90 pontos. Se ganhar os 24 pontos que ainda vai disputar na atual edição da competição, a equipe de Cuca atingirá os 89.

Nesta quarta-feira (10), o Atlético-MG recebe o Corinthians, no Mineirão. Depois disso, terá mais três jogos em casa (Juventude, Fluminense e Red Bull Bragantino), onde venceu suas 12 últimas partidas pelo Brasileiro. Também terá quatro como visitante (Bahia, Athletico-PR, Palmeiras e Grêmio) até o fim do Nacional.

O clube está perto do seu segundo título brasileiro. O primeiro aconteceu há 50 anos, em 1971, no que foi considerado o primeiro campeonato nacional da história até a CBF reconhecer que a Taça Brasil e o Torneio Roberto Gomes Pedrosa, disputados nos anos 1950 e 1960, também deveriam ser considerados como tal.

Também ajuda o Atlético o fato de seus dois principais concorrentes terem a preocupação da Libertadores. Palmeiras e Flamengo decidem o torneio no próximo dia 27, em Montevidéu.

No momento, o Palmeiras está com 55 pontos, a 10 do Atlético, na segunda posição. O Flamengo está em terceiro, com 53, mas tem dois jogos a menos. Na teoria, se vencê-los, fica a seis pontos dos mineiros.

O Atlético também terá dois jogos contra o Athletico, pela final da Copa do Brasil, em 12 e 15 de dezembro.

"Vamos ter os pés no chão, apesar de tudo. A gente entendeu isso e a torcida também, tanto que não a ouvi gritar o 'é campeão' em nenhum momento", diz Cuca.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos