Cuca admite necessidade de poupar antes da final da Libertadores

LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE
·1 minuto de leitura


A difícil sequência de jogos antes da decisão da Copa Libertadores da América preocupa o técnico Cuca. O comandante santista deu entrevista para o programa De Olho no Peixe, nesta segunda-feira, e deixou clara a necessidade de poupar jogadores para evitar desgaste e lesões.

- Você não tem como fazer eles jogarem numa intensidade (nessa sequência). Não tem como. Se eu for um louco de colocar os caras para jogar e alguém ter uma lesão muscular, vou me culpar para o resto da vida. A gente tem que ter experiência, ter sorte de ninguém machucar. Não é abrir mão dos jogos, mas é desigual. Jogar com um grupo enxuto. Não pode jogar a responsabilidade nesses meninos - afirmou o treinador.

O Santos visita o Fortaleza nesta quinta-feira, 19h, no Castelão. Na sequência, recebe o Goiás, na Vila Belmiro, e visita o Atlético Mineiro, no Mineirão, antes de viajar para o Rio de Janeiro.

A tão esperada decisão da Copa Libertadores da América será no dia 30 de janeiro, contra o rival Palmeiras, no Maracanã. O título será definido em jogo único.