Cuca é vaiado após derrota do Atlético-MG e reage: 'Pode chamar de burro, mas de mercenário, não'


O elenco do Atlético-MG viveu os momentos mais hostis com a sua torcida na temporada após a derrota por 2 a 0 para o Botafogo no Mineirão nesta segunda-feira, pelo Brasileirão. O técnico Cuca, entre vaias da torcida, foi chamado de "mercenário" e viu pipoca ser atirada em sua saída de campo.

Em entrevista coletiva após a derrota, o comandante do Galo comentou sobre a reação da torcida alvinegra. Cuca disse validar as críticas sobre a atuação do time, mas expressou que não acredita serem justos os cânticos de "mercenário".

- Tá doendo no meu coração. Eu tenho 243 jogos pelo Galo e é a primeira vez que sou hostilizado. Pode me chamar de burro, do que for, mas de mercenário, não. Não voltei para o Atlético por causa de dinheiro - expressou o treinador do Atlético-MG.

- Posso ter sido burro de ter voltado, deixei de ir para outros times grandes. Eu não traí o Atlético, que quando eu sai fui cuidar do meu projeto. Eu não ia pegar outro time, eu só voltei para o Atlético porque eu senti que o Atlético estava precisando de mim. Não pensei em contrato, não pensei em nada. Então, quando me chamam de mercenário, dói - complementou Cuca.

Desde que retornou ao Atlético-MG em julho deste ano, Cuca realizou 19 jogos, com cinco vitórias, sete empates e sete derrotas, um aproveitamento de 38.6%. No meio tempo, o clube caiu do 4º para o 8º lugar do Campeonato Brasileiro.

Cuca - Atlético-MG
Cuca - Atlético-MG

Cuca tem baixo aproveitamento desde o seu retorno ao Atlético-MG (Foto: Pedro Souza/Atlético-MG)

Com a derrota para o Botafogo, o Atlético perdeu uma grande oportunidade de ingressar no G-6 do Brasileirão e de se aproximar, assim, de uma vaga direta para a Libertadores.

No momento, o Galo está estacionado na 8ª posição, com 52 pontos, dois a menos que o Athletico-PR, primeiro colocado da zona de classificação direta para a Libertadores. O Atlético-MG ainda enfrenta o Cuiabá (casa) e o Corinthians (fora) nas duas últimas rodadas do Brasileirão.