CSA e CRB: Veja como está a temporada dos rivais de Alagoas


Eternos rivais do futebol alagoano, CSA e CRB entraram em 2020 com expectativas bem distintas. Enquanto o Azulão vinha do rebaixamento para a Série B, o Galo iniciava um novo processo de reconstrução para tentar encarar o rival.

Quase cinco meses depois e com a pandemia do coronavírus em pauta no futebol nacional, os dois clubes vivem fases opostas e que certamente surpreenderam os torcedores.

Confira abaixo:

CSA



Depois do rebaixamento para a Série B, a diretoria investiu pesado. Sob a batuta de Maurício Barbieri na comissão técnica, mais de 15 atletas desembarcaram para ajudar o clube e decepcionaram.

Na Copa do Nordeste o Azulão foi eliminado na fase de grupos. Em sete jogos, apenas um triunfo e a lanterna da chave B como realidade. A maior frustração veio na Copa do Brasil. Logo na estreia, derrota para o Vitória-ES e eliminação.

Com os insucessos, Barbieri perdeu o cargo e Eduardo Baptista foi contratado. Além de uma nova mudança no grupo, o treinador tem a missão de pelo menos manter o título estadual, onde está classificado para a semi.

CRB

Se o maior rival decepcionou, o Galo surpreendeu. Com a continuidade de Marcelo Cabo no comando da equipe, o CRB mostrou a qualidade do seu jogo. Nos primeiros jogos a desconfiança imperou, já que o time tropeçou. Quando embalou a história foi diferente e a torcida ficou orgulhosa do grupo.

No estadual a missão foi cumprida com uma vaga na semifinal. Na Copa do Nordeste, a equipe entra na rodada final com a chance de classificação. O bônus final fica na Copa do Brasil, onde o time aparece na Terceira Fase e venceu o Cruzeiro no jogo de ida por 2 a 0.













Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também