Cruzeiro vence o Náutico fora de casa e termina o 1º turno melhor do que na Série B de 2020

·3 minuto de leitura


Náutico e Cruzeiro se enfrentaram nesta terça-feira, 17 de agosto, às 19h, em duelo válido pela 19ª rodada da Série B, a última do primeiro turno. O confronto foi disputado no Estádio dos Aflitos, no Recife.E a Raposa venceu por 1 a 0, gol de Thiago. Foi a quinta derrota seguida do Timbu, que vem piorando a cada rodada no campeonato.

Os dois times chegam ao final da primeira parte do campeonato em situações distintas: a Raposa, evoluindo, apesar de ainda ter muitas fragilidades ofensivas e defensivas. Já o Timbu, vem em queda livre e está longe de ser a equipe que liderou a Série B por várias rodadas.

A equipe pernambucana está na sexta colocação, com 30 pontos e pode cair na classificação ao fim da rodada. O Cruzeiro de Luxemburgo, invicto há quatro jogos é o 14º, com 21 pontos e ainda sonha com uma reação na competição no segundo turno. A pontuação dos mineiros foi melhor do que a de 2020 nesta fase da competição.

Muita vontade e o “drama” da falta de qualidade persiste

O Cruzeiro de Luxemburgo não é apático. Mas a qualidade da equipe é muito aquém da despesa que clube gera com esse elenco. Os gols perdidos nos últimos jogos, contra Sampaio Corrêa e Náutico, este com o atacante Dudu, deixam muitas dúvidas no torcedor do futuro da equipe na Série B.

De líder a time previsível. O Timbu perde força no fim do turno

O Náutico pouco ameaçou o Cruzeiro. E, o desempenho da equipe pernambucana vem piorando a cada rodada. Foram quatro derrotas seguidas e um confronto diante do Cruzeiro sem muitas variações para vencer a frágil defesa celeste. O time de Hélio dos Anjos chegou a ser líder isolado do campeonato, mas se tornou uma equipe sem criatividade e força ofensiva. Foi a quinta derrota seguida do time do Recife nesta Série B.

Luxa coloca o time no ataque e “acha” o gol com Thiago

O gol marcado pelo atacante da Raposa, após rebote na cobrança de falta de Brock e falha de Jefferson, foi mais uma situação de acaso na partida, do que uma construção da equipe, que segue com muitas dificuldades em articular tramas ofensivas e evitar sustos na defesa.

O treinador fez muitas mudanças no time na etapa final e acabou conquistando sua segunda vitória fora de casa. Agora, falta vencer em casa para consolidar a sonhada reação na competição.

Próximos jogos

O Cruzeiro inicia o segundo turno na sexta-feira, 20 de agosto, diante do Confiança, no Mineirão, às 21h30. Já o Timbu terá o CSA pela frente só no dia 24, terça-feira, no Rei Pelé, em Maceió.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

NÁUTICO 0 X 1 CRUZEIRO
Data: 17 de agosto de 2021
Horário: 19h (de Brasília)
Local: Aflitos, Recife(PE)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Eduardo Goncalves da Cruz (MS) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO)
Gol: Thiago, aos 37’-2ºT(0-1)
Cartões amarelos: Djavan (NAU), Adriano (CRU)
Cartões vermelhos:

NÁUTICO(Técnico: Hélio dos Anjos)

Jefferson; Hereda (Thássio, aos 27’-2ºT), Camutanga, Rafael Ribeiro e Rafinha; Djavan (Matheus Carvalho, aos 42’-2ºT), Rhaldney (Tailson, aos 21’-2ºT) e Jean Carlos; Iago (Marciel, aos 21’-2ºT), Vinícius e Caio Dantas (Paiva, aos 21’-2ºT).


CRUZEIRO (Técnico: Vanderlei Luxemburgo)

Fábio; Norberto, Ramon, Eduardo Brock e Matheus Pereira; Adriano (Flávio, aos 27’-2ºT), Rômulo e Giovanni (Claudinho, aos 19’-2ºT); Bruno José (Wellington Nem, aos 19’-2ºT), Dudu (Rafael Sobis, aos 20’-2ºT) e Marcelo Moreno (Thiago, aos 35’-2ºT)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos