Cruzeiro vence lanterna da Série B por 2 a 0 e sobe posições na tabela

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
BELO HORIZONTE, MG, 03.10.2021: CRUZEIRO-PELOTAS - Gol de Thiago, do Cruzeiro - Partida entre Cruzeiro e Brasil de Pelotas, válida pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro - Série B, no estádio Independência, em Belo Horizonte (MG), neste domingo (3). (Foto: Fernando Moreno/Agif/Folhapress)
BELO HORIZONTE, MG, 03.10.2021: CRUZEIRO-PELOTAS - Gol de Thiago, do Cruzeiro - Partida entre Cruzeiro e Brasil de Pelotas, válida pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro - Série B, no estádio Independência, em Belo Horizonte (MG), neste domingo (3). (Foto: Fernando Moreno/Agif/Folhapress)

BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) - Dever de casa feito. Assim pode ser traduzida a vitória do Cruzeiro sobre o Brasil de Pelotas-RS na manhã deste domingo (3). Encarando o lanterna da Série B do Campeonato Brasileiro, o time mineironão teve dificuldades para conseguir o triunfo por 2 a 0 na Arena Independência, em Belo Horizonte.

Com o resultado, o time comandado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo chega aos 35 pontos e abre boa margem para os times que figuram na zona de rebaixamento. Além disso, a diferença para o Goiás, quarto colocado, caiu de 16 para 13 pontos. Faltando 10 rodadas para o término da competição, os mineiros, mesmo com chances remotas, não jogam a toalha em relação ao sonho de retornar à elite.

O próximo desafio do Cruzeiro será na sexta-feira (8), quando vai ao sul do país enfrentar o Coritiba, líder da Série B. A bola rola a partir das 21h30 (de Brasília) no Couto Pereira.

Antes de a bola rolar no Independência, o Cruzeiro era o 16º colocado da Série B, com 32 pontos conquistados. Pela frente, Luxa e seus comandados tinham pela frente o último colocado, que somava a metade dos pontos da equipe celeste. Com isso, conquistar a vitória era mais do que obrigação para o Cruzeiro; principalmente para manter viva a chance do acesso.

Aos 14, o Cruzeiro poderia ter aberto o placar, com Bruno José, mas o árbitro viu falta do atacante do clube mineiro e invalidou o lance. Aos 47, após chute forte de Adriano, a bola também foi parar no fundo da rede, mas o lance foi revisado pelo VAR e impedimento anotado.

Aos 40 minutos da primeira etapa, o garoto Vitor Leque viveu pela primeira vez a emoção de balançar a rede pela equipe principal do Cruzeiro. Com a bola na entrada da grande área, ele limpou dois adversários e, para finalizar a linda jogada, deu um toque sutil para abrir o marcador.

Gol da tranquilidade

Aos 45, foi a vez de Thiago correr para o abraço. Após saída errada da defesa do Brasil, Cáceres deu assistência ao atacante que, mesmo furando a bola na primeira tentativa, conseguiu se recuperar e, na sequência, deixou o dele.

Com boa vantagem no placar, o Cruzeiro não precisou se expor tanto na volta do intervalo. Apesar de ter acionado Wellington Nem já para o retorno, Luxemburgo não precisou quebrar a cabeça para ratificar o triunfo no Horto.

Frágil e fazendo jus à posição na tabela, o Brasil de Pelotas seguiu a mesma tônica de tentar explorar contra-ataques mas, pouco efetivo, susto algum levou ao goleiro Fábio.

Ficha do jogo:

CRUZEIRO 2 X 0 BRASIL DE PELOTAS

Data: 3 de outubro de 2021 (domingo)

Local: Arena Independência

Horário: 11h (de Brasília)

Juiz: Bruno Arleu de Araújo (RJ)

Gols: Vitor Leque, aos 40 minutos do primeiro tempo, e Thiago, aos 45, para o Cruzeiro;

Cartões amarelos: Kevin, Rone e Héverton (BRA)

CRUZEIRO

Fábio; Cáceres (Rhodolfo), Ramon, Brock e M. Perereira; Adriano (Claudinho), Giovanni, Lucas Ventura (Flávio), Bruno José (Wellington Nem), Vitor Leque e Thiago. T.: Vanderlei Luxemburgo.

BRASIL DE PELOTAS

Marcelo, Vidal, Alan Dias, Héverton, Kevin (Paulinho), Wesley, Sousa (Renatinho), Rildo (Patrick), Erison, Rone (Caio Rangel) e Netto (Gabriel Poveda). T.: Jerson Testoni

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos