Cruzeiro tropeça no Mineirão, empata e vê Atlético-MG se distanciar

THIAGO FERNANDES

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - O Cruzeiro não saiu de um empate, por 1 a 1, na tarde deste domingo (19), diante do Tombense, no Mineirão. Depois de sair na frente no marcador, com um gol de Giorgian De Arrascaeta, a equipe de Belo Horizonte permitiu o empate do adversário com o atacante Alex Gonçalves. O duelo foi válido pela oitava rodada do Campeonato Mineiro.

Com o resultado, o Cruzeiro chegou a 20 pontos, quatro a menos que o líder Atlético-MG, que venceu todos os jogos até o momento. As duas equipes não se enfrentaram e restam três rodadas para o fim da primeira fase do Estadual. O Tombense, por sua vez, é o sétimo colocado, com 11 pontos assinalados em oito confrontos.

Com boas jogadas, sobretudo pelos lados do campo, o uruguaio Arrascaeta mostrou sua importância para a equipe de Mano Menezes. Em 2017, o gringo já marcou quatro gols e fez duas assistências. A última foi neste domingo (19), depois de receber lançamento de Ariel Cabral. Ele driblou dois defensores e mandou no ângulo de Darley.

No primeiro tempo da partida, um lance chamou a atenção: Manoel e Alex Gonçalves trocaram empurrões à beira do campo. O zagueiro do Cruzeiro se irritou por ser empurrado pelo centroavante do Tombense. A situação gerou uma discussão. O árbitro Murilo Francisco Misson Júnior aplicou cartão amarelo ambos. A dupla voltou a chamar a atenção no início do segundo tempo, quando Alex recebeu lançamento, passou por Manoel e mandou no cantinho de Rafael.

ROBINHO LESIONADO

Robinho havia alcançado a marca de 12 vitórias consecutivas na carreira na quarta-feira passada, quando enfrentou o Murici-AL, pela terceira fase da Copa do Brasil. Contudo, neste domingo ele sofreu lesão na coxa direita antes do intervalo e acabou substituído por Rafinha. É o segundo problema clínico do meio-campista nesta temporada.

Substituto de Robinho, o meia-atacante Rafinha chegou a balançar a rede de Darley, mas a arbitragem assinalou corretamente o impedimento no lance. Contudo, a jogada ocasionou muita reclamação dos jogadores do Cruzeiro, como Rafael Sóbis e Henrique.

Após o gol marcado pelo Tombense, o público chegou a vaiar o time da casa.

CRUZEIRO: Rafael; Ezequiel, Léo, Manoel e Diogo Barbosa; Ariel Cabral, Henrique, Alisson (Élber – 40'/2ºT), Robinho (Rafinha - 28'/1ºT) (Ramón Ábila – 27/'2ºT) e Arrascaeta; Rafael Sóbis.

T.: Mano Menezes.

TOMBENSE: Darley; André Kobel (Robertinho – Intervalo), Wellington Carvalho, Anderson e Natan; Jonathan, João Paulo e Pedro Castro; Tauã (Daniel Amorim – 18'/2ºT), Matheus Oliveira e Alex Gonçalves (Léo Lisboa – 25'/2ºT).

T.: Raul Cabral.

Gols: Arrascaeta – 30'/1ºT (1-0); Alex Gonçalves – 2'/2ºT (1-1)

Cartões amarelos: Manoel, Rafinha (Cruzeiro); João Paulo, Alex Gonçalves, Matheus Oliveira, Robertinho, Darley (Tombense)

Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Murilo Francisco Misson Júnior (MG)