Cruzeiro terá atletas com contratos encerrados nesta semana; veja nomes

Bidu deve ser emprestado ao Timão (Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)


Com o fim do mês de novembro, o Cruzeiro também verá vários de seus atletas chegarem ao término de contrato. Com uma eminente reformulação do elenco, muitos jogadores não deverão ter o vínculo estendido para a próxima temporada.

Em 2021, o Cruzeiro contou com muitos nomes vindos por empréstimo, que não devem permanecer na equipe. É o caso de jogadores como Matheus Bidu e Zé Ivaldo, que têm contrato até o dia 30 de novembro, e não deverão ser comprados pela Raposa.

Esse também é o caso de Willian Oliveira, Chay, Jajá e Rodolfo. Todos estavam emprestados ao Cruzeiro, e não devem ser comprados. Fernando Canesin e Luvannor ficarão livres no mercado, mas também não deverão receber propostas da Raposa.

Jogadores em fim de contrato no Cruzeiro (vínculos encerram no dia 30 de novembro)

Zé Ivaldo - emprestado pelo Athletico-PR
Matheus Bidu - emprestado pelo Guarani
Chay - emprestado pelo Botafogo
Willian Oliveira - emprestado pelo Ceará
Rodolfo - emprestado pelo América-MG
Jajá - emprestado pelo Athletico-PR
Luvannor - livre
Fernando Canesin - livre
Rafa Silva - livre

O único caso especial entre os atletas que terão vínculo encerrado é o de Rafa Silva. Machucado, o atacante continuará com o seu tratamento na Toca da Raposa. Quando estiver recuperado, o atleta terá o futuro definido pelo Cruzeiro.

Reformulação do elenco

A quantidade de jogadores que não renovarão com o Cruzeiro para 2023 indica uma reformulação que o elenco sofrerá para a próxima temporada. Pedro Lourenço, um dos patrocinidares da equipe, chegou a dizer que a Raposa deve contratar "de 15 a 16 reforços".

- O que eu sei é que vai trazer entre 15 e 16 jogadores. E a gente precisa de zagueiro, de meio de campo e de atacante. O pessoal da gestão do Ronaldo tem o pé no chão e sabe da necessidade, e isso dá tranquilidade para o torcedor - expressou Pedro Lourenço.