Cruzeiro tem novo atraso de salários com funcionários e atletas de base

·1 min de leitura


Com a vida “resolvida” na Série B, onde não tem mais chances de subir, bem de ser rebaixada, o Cruzeiro segue seu drama financeiro, com grandes dificuldades de cumprir seus compromissos. A Raposa voltou a atrasar salários, desta vez do mês de outubro, que deveriam ser quitados na última semana.

Os atrasos são com funcionários das Tocas I e II, administrativo e atletas da base, segundo informação inicial do GE e confirmada pel L!. O Cruzeiro disse que pretende fazer pagamentos pendentes nos próximos dias.

De acordo com os colaboradores do clube mineiro, a direção não comunicou aos trabalhadores quando será feito o acerto. O clube teve recebíveis nos últimos dias, como a renda de mais de R$ 600 mil no duelo contra o Brusque, pela Série B, na última terça-feira, 9 de novembro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos