Cruzeiro renova com joia da base e coloca multa de R$ 300 milhões

·1 min de leitura


O Cruzeiro anunciou a renovação de contrato de quatro jogadores do time Sub-17, que assinaram o primeiro vínculo profissional até o fim de 2024. Estão de contrato novo, os volantes Amilton e Kleverton, e o meia Guilherme Meira, além do lateral Zé Lúcio.

A Raposa segue investido pesado na formação de atletas como uma das formas de recuperar o clube financeiramente e esportivamente. Só em 2021, os gastos com a base subiram 500% segundo o balancete divulgado pela Raposa do primeiro semestre de 2021.

A aposta é tão alta que um dos jovens atletas, o meia Guilherme Meira, destaque da base cruzeirense, tem uma multa rescisória para clubes do exterior, em caso de venda, no valor de R$ 300 milhões.

O meia é ambidestro, algo raro no futebol e está na Raposa desde 2015.

- Hoje assinei meu primeiro contrato profissional. Queria agradecer primeiramente a Deus, ao Cruzeiro , a minha família e a todos que de alguma forma me ajudaram a chegar aqui-postou Guilherme em sua conta no Instagram.

Os quatro jogadores seguem atuando pelo sub-17 e estão à disposição do treinador Mário Henrique para a segunda partida da semifinal do Campeonato Mineiro Sub 17, neste sábado, 13 de novembro, às 10h, na Arena Vera Cruz, em Betim, contra o Athletic, de São João Del Rei.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos