Cruzeiro quer novo diretor de futebol que esteja alinhado com Luxemburgo

·1 minuto de leitura


A diretoria de futebol do Cruzeiro virou um problema para o clube desde o rebaixamento para a Série B, em 2019. Com a saída de Rodrigo Pastana, o cargo está vago mais uma vez. O próximo a assumir a responsabilidade de conduzir o futebol da Raposa será o sexto a ocupar a função em menos de dois anos.

Estiveram no comando do futebol Ocimar Bolicenho, ainda sob o comando do Conselho Gestor, David, Ricardo Drubsky, André Mazzuco e Rodrigo Pastana. O nome preferido para ficar na diretoria de futebol é de Alexandre Mattos, que esteve um período curto no clube até indicar Bolicenho para o cargo.

Todavia, o executivo, com passagens pelos três clubes de BH (América-MG e Atlético-MG) não tem disponibilidade e está longe do Cruzeiro no momento. Mattos está com foco no Estados Unidos para oportunidades profissionais e pessoais.

-O Cruzeiro não me procurou. Mas minha cabeça e familia estão aqui nos Estados Unidos. Mudei para cá e também estou estudando no país- disse Mattos em entrevista à Rádio Super FM.

Sem Mattos, o Cruzeiro segue a busca por um novo diretor de futebol . Mas ele precisa ter uma qualidade: estar bem alinhado com Vanderlei Luxemburgo, pois a maior prioridade da Raposa é manter o treinador para 2022 em um projeto que finalmente tire o time da Série B.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos