Cruzeiro mostra uniformes de treino da Adidas e torcida faz fila para comprar a camisa na loja do clube

Valinor Conteúdo
LANCE!


O Cruzeiro divulgou, na tarde desta quinta-feira, 2 de janeiro,fotos do novo uniforme de treino da equipe, fabricado pela Adidas, que está sendo utilizado pelo time sub-20, que vai jogar a Copa São Paulo de Juniores.

Apesar do imbróglio com a empresa alemã, a equipe azul já tem enxoval de treino e mudanças nas posições de seus principais patrocinadores. O logo dos Supermercados BH agora ocupa a posição do patrocinador máster e o Digimais, deixou a parte principal do uniforme para ser fixado na barra inferior da camisa.

A entrada do BH na parte nobre do uniforme foi negociada no fim de 2019, quando houve um acordo para a troca de lugar nos espaços da camisa azul. A empresa do ramo supermercadista pertence a um dos membros do conselho gestor da Raposa, Pedro Lourenço, que sempre foi um grande parceiro comercial do clube, sendo responsável por ajudar o clube a comprar 50% dos direitos do lateral-direito Orejuela, que pertencia ao Ajax-HOL, pagando 1,5 milhão de dólares. cerca de 6,8 milhões de reais.



Corrida pela camisa da Adidas nas lojas

Mesmo sob o risco de rescindir o contrato Cruzeiro com a Adidas, o novo uniforme gerou muita procura nas lojas do clube, nesta quinta-feira, 2 de janeiro. As peças da empresa alemã estão disponíveis nos pontos oficiais do Cruzeiro e a camisa de jogo, custa R$ 249,99.

Filas grandes se formaram ainda na manhã, com vários torcedores esperando na entrada para que a loja abrisse.

O contrato com Adidas estão sendo reavaliado pelo conselho gestor, que viu falhas no acordo, pouco vantajoso para o clube azul. Dois itens em especial chamam a atenção: o pagamento de royalties para a Raposa se as vendas de peças superarem as 180 mil unidades, não havendo um pagamento fixo, com existia com o contrato da Umbro, que bancava 6 milhões anuais mais percentuais nas vendas. O outro item polêmico do acordo é o Cruzeiro ter de pagar para usar as peças da Adidas, perto de 1,5 milhão de reais por ano.

Uma reunião está agendada para o dia 9 de janeiro entre Cruzeiro e Adidas, para rever o acordo e a Raposa já sinalizou que pretende rescindir caso não haja mudança nas cláusulas atuais.









Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também