Cruzeiro marca reunião do conselho para votar projeto que pode transformar o clube em empresa

·2 minuto de leitura


O Cruzeiro fará uma reunião do conselho deliberativo no dia 2 de agosto com o intuito de aprovar o projeto de transformar o clube em empresa. O Congresso Nacional está analisando a pauta para que as agremiações esportivas se transformem em Sociedades Anônimas do Futebol (SAF), que trará novas formas dos clubes administrarem o futebol, podendo receber investimentos externos.

O time celeste tem na medida de virar empresa uma esperança de conseguir dar fôlego ao clube, que vive sua maior crise financeira e esportiva nos seus 100 anos.


O edital para mudança de clube sem fins lucrativos para empresa prevê a transformação em em Sociedade Anônima, que terá o “Cruzeiro como detentor de 100% do capital social, integralizando mediante a transferência de seus ativos, tais , como, nome, marca, símbolos, direitos desportivos e de propriedade intelectual, excluído o patrimônio constituído pelos imóveis do Clube", como diz uma nota enviada pelo time mineiro.

Com essa nova natureza estatutária, a Raposa espera conseguir recursos, até capital estrangeiro, para se reerguer da dívida de quase 1 bilhão de reais. O Cruzeiro disse que teve a avaliação de mercado feita por uma multinacional.

-Sendo permitida, entretanto, a alienação de até 49% do capital social a eventuais investidores, fundamentada em avaliação de mercado realizada por empresa multinacional especialmente contratada para esse fim-prosseguia a nota.

O presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues acredita que mudar a natureza estatutária do clube pode atrair investimentos e ser referência no mercado brasileiro.

- A gente acredita que, até o fim da semana, lancem o edital para que o conselho deliberativo deixe aprovado o registro da constituição da sociedade, que é o que determina o artigo primeiro, parágrafo quinto do nosso estatuto. Para que a gente já antecipe os prazos, porque o nosso grande desafio junto à EY, que foi a grande parceira nesse momento, que o Cruzeiro seja o primeiro S.A. do futebol do Brasil. Estou animado - disse Sérgio.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos