Cruzeiro joga mal e é derrotado pelo Coimbra no Campeonato Mineiro

Valinor Conteúdo
LANCE!


O Cruzeiro fez mais uma partida ruim e saiu derrotado de campo neste domingo, 15 de março, no Independência. A Raposa caiu para o Coimbra, por 1 a 0, gol de Victor Hugo, na parte final do jogo. O resultado manteve a equipe celeste com 14 pontos, na quinta colocação, fora do G4 da competição.

Para o Coimbra, foi um sabor de dupla satisfação: além de ser a primeira vitória da equipe de Contagem na primeira divisão mineira, o triunfo tirou a equipe da zona do rebaixamento, mantendo as chances para a permanência na elite estadual.

A jornada da Raposa foi de erros e outra demonstração de dificuldades em criar e concluir as jogadas que possam resultar em gols. Adilson Batista tentou mexer na equipe, mas o resultado no campo não correspondeu, agravando a crise técnica da equipe, que perdeu seu terceiro jogo seguido, dois no Mineiro e um pela Copa do Brasil.

Mudanças na equipe

Adilson Batista faz trocas drásticas na equipe, colocando Ariel Cabral e Jean no meio de campo, Ramon e Marllon estrearam. Marcelo Moreno fica no banco no início da partida.

Primeiro tempo sem inspiração dos dois times

Tanto Cruzeiro quanto Coimbra entraram em campo no clima desta rodada do Mineiro: sem energia. A falta de torcedores, que não puderem assistir aos jogos por uma medida de prevenção contra o coronavírus, refletiu a pouca força ofensiva dos ataques. O Coimbra mais uma vez fez um jogo com foco em segurar o rival, buscando pouco o gol. Já a Raposa, também teve pouca eficiência ofensiva, ficando presa na defesa do time de Contagem.












Segundo tempo um pouco melhor

Na etapa final, Adilson colocou Marcelo Moreno e Jhonata Robert nos lugares de Alexandre Jesus e Thiago. A equipe azul mudou a postura, mas não conseguia trabalhar a bola para chegar na dupla de ataque em boas condições de jogo.

O Coimbra manteve sua estratégia defensiva, mas mesmo pontuando, ainda será forte candidato ao rebaixamento para o Módulo II em 2021.

Surpresa no Horto

Em cobrança de falta do lateral Victor Hugo, a bola desvia na barreira, engana Fábio e “morre” no fundo das redes do Cruzeiro. Crise na Raposa aumenta. É a primeira vitória do Coimbra na primeira divisão mineira.

Campeonato suspenso

A Federação Mineira de Futebol(FMF) emitiu uma nota suspendendo todos os campeonatos organizados por ela a partir da terça-feira, 17 de março, como prevenção contra o coronavírus. O tempo da paralisação é indeterminado.


FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 0 X 1 COIMBRA
Data-hora: 15 de março de 2020, às 16h(De Brasília)
Estádio: Independência, Belo Horizonte(MG)
Árbitro: Wanderson Alves de Souza
Assistentes: Augusto Magno de Ramos e Roney Faria Lima
Cartões amarelos: Ariel Cabral, Maurício, Jadsom, Marllon(CRU), Carciano, Lucas Pinheiro, Diogo Henrique(COI)
Cartões vermelhos:-
Público e renda: não houve público presente

Gol: Victor Hugo, aos 39’-2ºT)

CRUZEIRO: Fábio; Jadsom, Ramon, Marllon e Rafael Santos; Ariel Cabral,Jean(Judivan, aos 42’-2ºT), Maurício e Everton Felipe; Thiago(Marcelo Moreno, aos 19’-2ºT) e Alexandre Jesus(Jhonata Robert-intervalo). Técnico: Adilson Batista

COIMBRA: Glaycon, Vitor Hugo(Formiga, aos 45’-2ºT), Diogo, Carciano, Lucas Hipólito,, Lucas Pinheiro, Ralph, Tomás, Daniel Penha, Igor(João Vitor, aos 40’-2ºT) e Ribeiro(Bádio, aos 31’-2ºT). Técnico: Diogo Giacomini































Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também