Cruzeiro homenageia Milton Nascimento em sua despedida dos palcos

Artista recebeu uma camisa personalizada e uma carta, entregues pelo também músico Samuel Rosa, da banda Skank - (Foto: Reprodução/Redes Sociais/Cruzeiro)


Carioca de nascença, mas mineiro de coração, o cantor Milton Nascimento se despediu oficialmente dos palcos. Aos 80 anos de idade, o artista fez seu último show no domingo, 13 de novembro, no Mineirão, em Belo Horizonte - e foi homenageado pelo Cruzeiro.

Das mãos do também cantor e cruzeirense, Samuel Rosa, Milton recebeu uma camisa personalizada do Cruzeiro e uma carta em sua homenagem. O momento foi publicado nas redes sociais do clube estrelado.

O ano de nascimento do cantor coincide com a data na qual o Cruzeiro foi renomeado, e deixou de chamar Palestra Itália, em 1942. Ao longo da carreira, o "Bituca", como é carinhosamente chamado, já declarou carinho à Raposa.

Sob os palcos, no seu último show, Milton Nascimento arrastou uma multidão ao Gigante da Pampulha. Foi registrado um público superior a 60 mil pessoas.