Cruzeiro entra em campo pela Copa do Brasil para duplo desafio

Quando vestir a camisa e entrar no gramado, a Raposa terá mais dois desafios na noite desta quarta-feira, contra o Murici, às 21h45 (de Brasília), pela Copa do Brasil. O primeiro deles o adversário que eliminou duas equipes importantes (Juventude e América). O segundo: o gramado do campo do José Gomes da Costa, estádio que a equipe alagoana manda suas partidas.

Os 180 minutos da decisão nem teve o apito inicial e já tem polêmica que gerou muito pano pra manga. Surgiu a informação nos últimos dias que o Cruzeiro tentou mudar o campo, entendendo que o local não era adequado – observando inclusive a reclamação de outras equipes que passaram por lá. O time azul, porém, negou e seu diretor de futebol, Klauss Câmara, foi a público explicar tudo.

No campo, o Cruzeiro ainda tem dúvidas. E o técnico Mano Menezes não quis deixar claro quais são elas. O último trabalho antes da partida, o treinador celeste fechou os trabalhos, a imprensa entrou, participou das entrevistas coletivas e depois precisou deixar a Toca da Raposa II.

É provável que o meia Thiago Neves retorne a equipe, já que ele ficou fora do último jogo contra o América-TO. Situação parecida de Ariel Cabral que também foi poupado. “Não vamos mexer em número grande de jogadores para a equipe não de descaracterizar, isso não pode, o time perde rendimento. Mas três jogadores em cada jogo nós vamos rodando para que todos tenham condições físicas de suporta”, esclareceu.

Murici chega desfalcado no jogo

O Murici chega para uma importante decisão com um desfalque importante. O zagueiro Sinval foi expulso no jogo contra o América-MG, no duelo anterior da Copa do Brasil, e terá que cumprir suspensão neste jogo contra o Cruzeiro.

A equipe alviverde promove nesta quarta-feira uma novidade legal: o time liberou a entrada das mulheres, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher.

FICHA TÉCNICA:

MURICI X CRUZEIRO

Local: Estádio José Gomes da Costa, Alagoas

Data: 08 de março de 2017, quarta-feira

Horário: 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

Assistentes: José Eduardo Calza (RS) e Lucio Flor (RS)

Murici – Dias; Paulo Sérgio, Cláudio, Edson Veneno e Patrick; Edvaldo, Guêba, João Paulo e Deizinho (Paulo Victor); Alexandre (Alexsandro) e Katê. Técnico: Remi Calheiros

Cruzeiro – Rafael; Ezequiel, Léo, Manoel, Diogo Barbosa; Henrique, Ariel Cabral, Robinho, Thiago Neves; Arrascaeta e Rafael Sóbis. Técnico: Mano Menezes.