Cruzeiro é o clube que mais deve no Brasil. Dívida subiu R$ 700 mi em dez anos

Yahoo Esportes
Rebaixado no Brasileiro e afundado em dívidas. Cruzeiro terá um 2020 de muitas dificuldades (Fernando Moreno/AGIF)
Rebaixado no Brasileiro e afundado em dívidas. Cruzeiro terá um 2020 de muitas dificuldades (Fernando Moreno/AGIF)

No início da noite desta sexta-feira (10) o Núcleo Dirigente Transitório, que comanda o Cruzeiro até a realização de novas eleições, divulgou alguns dados sobre as primeiras semanas na direção do clube. Entre os números revelados, um merece destaque. A dívida celeste já passou de R$ 800 milhões e pode aumentar, já que contratos das gestões passadas ainda não foram todos conferidos. Um aumento superior a R$ 700 milhões, se comparado com 2010.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM
SIGA O YAHOO ESPORTES NO FLIPBOARD

Embora os clubes brasileiros ainda não tenham divulgado os balanços financeiros de 2019, o que só vai acontecer em abril, já é possível saber que o Cruzeiro assumiu o posto de maior devedor do futebol nacional. Números preliminares indicaram que nenhuma outra agremiação passou da barreira dos R$ 800 milhões em dívidas, como já fez a Raposa. O Botafogo era o líder desse ranking, devia R$ 672 milhões ao término de 2018.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Um cenário completamente diferente do que era há dez anos. Vice-campeão nacional em 2010, o Cruzeiro fechou aquela temporada com uma dívida de R$ 111 milhões, de acordo com levantamento feito pela empresa de auditoria BDO RCS, baseado no balanço divulgado pelos clubes. Entre os considerados 12 maiores times do Brasil, a Raposa só não tinha dívida menor do que a do São Paulo, que era de R$ 94 milhões. No geral, o Cruzeiro era apenas o 13º clube que mais devia no país.

Naquele momento, o líder do Ranking era o Atlético-MG. O maior rival celeste apresentava R$ 527 milhões em dívidas. De acordo com o balanço financeiro de 2018, a dívida do Galo é de R$ 614 milhões. A equipe alvinegra ocupava a segunda posição entre os maiores devedores do futebol brasileiro, atrás somente do Botafogo. Mais um clube ultrapassado pela meteórica ascensão do Cruzeiro, que apresentava R$ 469 milhões em dívidas ao término de 2018 e ocupava a quinta posição da lista.

Patrimônio Líquido do Cruzeiro já é negativo

Mesmo que a atual diretoria do Cruzeiro decida vender todos os imóveis do clube para quitar as dívidas, o dinheiro levantado não seria suficiente para cobrir o rombo que já supera os R$ 800 milhões. Portanto, o Patrimônio Líquido do Cruzeiro é negativo. De acordo com o balanço financeiro de 2018, divulgado em abril do ano passado e ainda não aprovado pelo conselho deliberativo, o patrimônio cruzeirense está avaliado em R$ 553,7 milhões.

De acordo com o documento, fazem parte da lista os dois Centros de Treinamentos (Toca da Raposa 1 e 2), Sede Administrativa e os clubes sociais, um na região central de Belo Horizonte e outro na Pampulha. Os imóveis foram avaliados por duas empresas e, na média, o valor total foi de R$ 553,7 milhões. O clube social do Barro Preto é o bem de maior valor da Raposa, avaliado em mais de R$ 160 milhões.

Veja mais sobre futebol mineiro no Blog de Victor Martins

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter

Leia também