Cruzeiro anuncia que terá parcerias com times de Futebol Americano e Basquete

Valinor Conteúdo
·5 minuto de leitura


Uma das marcas esportivas mais poderosas e respeitadas no mundo, o Cruzeiro Esporte Clube vai aumentar seu leque de modalidades e anuncia os novos times de basquete e futebol americano, resgatando duas categorias do esporte especializado que possuem tradição na história centenária celeste.

O retorno das modalidades vem sendo trabalhado pela Diretoria e o Departamento de Esportes do Clube desde 2020 e será uma nova forma de engajar os torcedores celestes que, além do futebol, também se acostumaram ao longo dos anos com grandes conquistas em outras esportes, como o vôlei e o atletismo.

-O Cruzeiro é reconhecidamente uma das marcas mais importantes e expressivas do esporte e a nossa intenção é, além do futebol, expandir para outras modalidades, com fortes parcerias, valorizando o ‘Esporte Clube’ do nosso nome. Ter uma equipe de basquete, resgatando uma tradição do Palestra Itália, e retomar o projeto do futebol americano, que também já foi campeão, nos deixa muito felizes. Continuamos trabalhando forte no dia a dia em grandes projetos como estes, sempre com o objetivo de fazer do Cruzeiro um clube cada vez mais forte-destacou o presidente Sérgio Santos Rodrigues.

Em resgate histórico, Cruzeiro EC Basquete inicia projeto esportivo e traz a Raposa de volta às quadras


No ano de seu Centenário, o Cruzeiro Esporte Clube contará com o retorno de uma importante modalidade, que também faz parte de sua história. A partir de agora, o Clube contará com o Cruzeiro EC Basquete, um projeto de desenvolvimento do basquete, iniciando um trabalho para futuramente chegar até a elite do basquete brasileiro.

Nas décadas de 1930 e 1940, o então Palestra Itália participou ativamente da modalidade, impulsionado principalmente pela paixão de Ítalo Frattesi, o Bengala, multicampeão nos gramados, que venceu o tricampeonato em 1928, 1929 e 1930, e que foi treinador do time de basquete após largar o futebol. Nas quadras, ele foi campeão da cidade em 1932. O time juvenil de basquete também foi campeão nacional, de forma invicta, no ano de 1944.

Entre as comemorações do Centenário do Cruzeiro Esporte Clube está o retorno do time de basquete para a temporada 2021/2022, com base em Montes Claros, cidade polo do Norte de Minas.

O projeto é fruto da parceria do Clube com a Adersnorte-MG, que tem entre seus projetos sociais o basquete como um de seus pilares. Quem estará na linha de frente é Kaká Carone, ex-jogador de basquete com passagens por Minas, Suzano e Brasília. Desde 2017 o profissional desenvolve a modalidade na região, com o Montes Claros Basketball.

Por enquanto o Cruzeiro EC Basquete é um projeto que começa com uma base de juniores e vai disputar as competições de acesso. Popularização e acesso à modalidade, inclusão social e implementação de laboratórios também estão entre os objetivos.

-O Cruzeiro EC Basquete é a realização de um sonho, em uma cidade apaixonada por esta camisa. Neste momento, o basquete vive um cenário de destaque, visibilidade e profissionalismo no Brasil e no mundo, por isso o Cruzeiro merece e deve estar entre os gigantes da modalidade. Queremos honrar esta história centenária de vitórias e a cultura poliesportiva deste clube. Fazer parte de um projeto como este, em um momento de reconstrução da maior instituição esportiva do estado de Minas Gerais é um privilégio que estamos vivendo. A implementação do projeto em Montes Claros irá potencializar e legitimar o trabalho de popularização e massificação do basquete que temos feito no Norte de Minas Gerais, além de contribuir com desenvolvimento social e econômico da cidade- afirmou Kaká Carone.

Em maio, a equipe sub-22 do Cruzeiro EC Basquete se apresenta para as atividades de pré-temporada, que incluirão treinos e amistosos. Em julho o time tem prevista a disputa dos Jogos Universitários de Minas Gerais, em seguida, até setembro, acontece a Liga de Desenvolvimento de Basquete - LDB, e em outubro está na agenda o Campeonato Mineiro Adulto 2021. A equipe também vai buscar a classificação para os Jogos Universitários Brasileiros, em novembro.

Ampliando suas modalidades esportivas, Raposa também entra em campo com a volta do Cruzeiro Futebol Americano

Em 2021, ano especial do Centenário do Cruzeiro, o Clube segue com a proposta de expandir suas modalidades esportivas e um novo esporte volta a representar as cinco estrelas. Trata-se do Cruzeiro Futebol Americano, uma parceria com o Betim Bulldogs, e que vai dar continuidade à estrutura poliesportiva da Raposa.

Em 2017, com sua primeira equipe de futebol americano, o Cruzeiro Esporte Clube faturou o título nacional da categoria.

O Bulldogs tem sua sede na cidade de Betim, Região Metropolitana de Belo Horizonte. O projeto está próximo de completar cinco anos, possui reconhecimento e está entre os que mais se desenvolvem no cenário do futebol americano nacional.

Fundador da equipe parceira, Júlio Cesar Ribeiro dos Reis falou sobre a união com o Cruzeiro.

-É com muita alegria que celebramos esta parceria. Trazer o Cruzeiro de volta para uma das modalidades que mais crescem no Brasil é muito importante para nós. Sabemos do potencial que a marca carrega e queremos colocar a equipe entre as melhores do Brasil. Como torcedor fanático do Cruzeiro, poder vestir o manto estrelado e defendê-lo na modalidade em que temos tanta paixão é a realização de um sonho. Acreditamos que o Cruzeiro vai potencializar os trabalhos de formação que temos em Betim, trazendo novos torcedores e possibilitando novos parceiros para manutenção e ampliação. Nosso objetivo é atender a um número maior de jovens em nossas categorias de formação, buscando atuar principalmente em regiões de situação socioeconômica mais precária- afirmou.

Neste momento a equipe desenvolve suas atividades online e tão logo passe a onda roxa, momento de maior restrição nesta pandemia, o Cruzeiro Futebol Americano vai iniciar os treinamentos em campo.

A programação do time conta com jogos amistosos a partir de junho, se preparando para os compromissos da temporada. E de agosto a novembro deste ano o Cruzeiro vai disputar a Liga BFA, que é o campeonato nacional de futebol americano.