Cruzeiro #100anos: o gigante de Minas Gerais celebra seu passado para ter um novo futuro

Anderson Gonçalves-Valinor Conteúdo
·3 minuto de leitura


O Cruzeiro Esporte Clube, um dos maiores clubes do futebol brasileiro, chega aos 100 anos de existência cheio de problemas em sua administração, financeira, esportiva, com a queda para a segunda divisão nacional e com um provável segundo ano na Série B, a Raposa não perdeu a grandeza que tornou p clube azul em um dos maiores vencedores do nosso futebol.

O time celeste tenta novos rumos e conta com sua torcida, que nunca abandonou a equipe, mesmo quando foi deixada de lado por desmandos de dirigentes incompetentes e irresponsáveis. O ano de 2021 será de pavimentar novos passos e mudar práticas abusivas internas e no clube de futebol.

Para celebrar a data, a Raposa faz uma ode à rica trajetória deste gigante, que está “machucado”, mas em busca de se reerguer.

CONFIRA A TABELA ATUALIZADA DA SÉRIE B

Do Palestra ao Cruzeiro

Em 2 de janeiro de 1921, nascia o Societá Sportiva Palestra Italia, que anos depois se chamaria Cruzeiro Esporte Clube, nome que hoje é sinônimo de glórias em diversas modalidades que enchem a nação cinco estrelas de orgulho.

Tudo começou através do esforço de desportistas italianos, que desembarcaram na capital mineira em busca de trabalho e se reuniram para desenvolver a instituição esportiva, que anos depois já dava sinais de que viria a se tornar conhecida por seus craques e suas façanhas dentro das quatro linhas. Logo nos anos de 1928, 1929 e 1930, o então Palestra Italia conquistava o tricampeonato estadual, com as atuações magníficas de atletas lendários como Ninão, Nininho, Bengala e Piorra.

Mas a grande novidade veio em 1942, com a mudança do nome para Cruzeiro, em razão da participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial, ocasionando a proibição do uso de termos que tivessem alguma associação com a Itália.

Conquistas e mais conquistas

Em um século de história, o Cruzeiro tornou-se um dos maiores clubes do Brasil quando o assunto é títulos. O primeiro grande troféu veio em 1966 com a conquista da Taça Brasil, com destaque para a grande vitória em cima do Santos de Pelé na decisão.

Além do triunfo do primeiro Campeonato Brasileiro do clube, estão presentes na sala de títulos da Raposa outras quatro taças nacionais (1966, 2003, 2013 e 2014), duas da Copa Libertadores (1976 e 1997), outras duas da Supercopa (1991 e 1992), uma da Recopa (1998), uma da Copa Ouro (1995), uma da Copa Master (1995) e seis da Copa do Brasil (1993, 1996, 2000, 2003, 2017 e 2018).

Títulos Internacionais:


Copa Libertadores da América: 1976, 1997
Supercopa dos Campeões da Libertadores da América: 1991, 1992
Recopa Sul-Americana: 1998
Copa Ouro: 1995
Copa Master da Supercopa: 1995

Título Nacionais:

Campeonato Brasileiro: 1966, 2003, 2013, 2014
Copa do Brasil: 1993, 1996, 2000, 2003, 2017, 2018
Copa Sul-Minas: 2001, 2002
Copa Centro-Oeste: 1999

Títulos estaduais:

Copa dos Campeões Mineiros: 1991, 1999
Campeonato Mineiro: 1926, 1928, 1929, 1930, 1940, 1943, 1944, 1945, 1956, 1959, 1960, 1961, 1965, 1966, 1967, 1968 ,1969, 1972, 1973, 1974, 1975, 1977, 1984, 1987, 1990, 1992, 1994, 1996, 1997, 1998, 2002*, 2003, 2004, 2006, 2008, 2009, 2011, 2014, 2018 e 2019.
Taça Minas Gerais: 1973, 1982, 1983, 1984, 1985
Copa Belo Horizonte: 1960
Torneio Início: 1926, 1927, 1929, 1938, 1940, 1941, 1943, 1944, 1948, 1966*Supercampeonato Mineiro