Cross country pode voltar ao programa olímpico em Paris-2024


Na última sexta, o Conselho da World Athletics (ex-IAAF) confirmou que o formato da competição de cross country, poderá voltar a ser incluído nos Jogos Olímpicos, a partir da edição de Paris, em 2024, após 100 anos da disputa da modalidade no programa da Olimpíada de Paris, em 1924.

O evento seria um revezamento de equipes mistas para 15 países. Cada equipe seria composta por dois homens e duas mulheres. Cada integrante correria duas pernas do percurso de 2,5 km, alternando entre atletas do sexo masculino e feminino.

Dessa forma, a World Athletics se reunirá com o Comitê Organizador de Paris-2024 em um futuro próximo para elaborar mais detalhes da proposta. O presidente da WA, Sebastian Coe, disse estar feliz com a perspectiva de a especialidade voltar aos Jogos Olímpicos 100 anos depois.

- Meu amor pelo atletismo começou com o cross country. Quando entrei para o meu primeiro clube, o Hallamshire Harriers, corria a prova. Seria extremamente simbólico que a disciplina atlética voltasse ao campo depois de um século - disse.

O Conselho da WA informou também que deverá expulsar a Federação Russa de Atletismo (RusAF) se a multa aplicada por desvios de doping não forem pagas até 15 de agosto. O valor é de US$ 5 milhões.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também