Cross Country brasileiro encerra participação em Lausanne

Três brasileiros fecharam as disputadas nos Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude (Foto: Divulgação/COB)
Três brasileiros fecharam as disputadas nos Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude (Foto: Divulgação/COB)


O Time Brasil disputou a última competição nos Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude Lausanne 2020. Nesta terça-feira, Taynara da Silva na prova de 5km, e Rhaick Bomfim e Manex Silva na prova de 10km do esqui cross-country foram os representantes brasileiros em ação no Centro de Cross Country do Vallée de Joux. Eduarda Ribera também disputaria a prova, mas sofreu uma queda ainda no aquecimento e ficou de fora da disputa.

Taynara terminou a prova na posição 74 e antes havia disputado outras duas provas no esqui cross-country e duas no biatlo. Ela foi a primeira brasileira a disputar duas modalidades diferentes nos Jogos da Juventude de Inverno.

– Gostei da minha última disputa em Lausanne. Correu tudo dentro do esperado e consegui concluir a prova. Me senti bem, até porque essa é a prova que eu mais gosto – disse Taynara.

Noah Bethonico, do snowboard cross, também disputaria a prova de times mistas – dois homens e duas mulheres, sendo dois do esqui cross e dois do snowboard cross, de países diferentes -, mas a australiana Amber Essex caiu durante o aquecimento e machucou o tornozelo. Com o desfalque dela, o time que ainda contava com Zoe Michael e Jasper Cobcroft foi desqualificado e os atletas não puderam competir.

– Foi uma experiência inesquecível, me diverti demais. Foi mais incrível do que eu imaginava. Aprendi demais. Pude ver certinho o nível que o pessoal da minha idade está, no que eu tenho que trabalhar para melhorar. Vou continuar treinando para um dia ser um dos melhores – disse Noah.

O Brasil se despede dos Jogos Olímpicos de Inverno de Juventude nesta quarta-feira, com o desfile na Cerimônia de Encerramento.










Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também