Crivella volta atrás e diz que decreto suspende apenas jogos de Botafogo e Fluminense; entenda confusão

Luiza Sá, Sergio Santana e Vinicius Faustini
LANCE!


Um decreto publicado no Diário Oficial neste sábado mudou a discussão sobre a retomada dos jogos do Campeonato Carioca. A decisão do prefeito Marcelo Crivella proibia a realização de partidas no município do Rio de Janeiro até o dia 25 de junho. No entanto, já durante a noite o próprio prefeito voltou atrás e disse que a medida afetará apenas os confrontos de Botafogo e Fluminense, marcados para os dias 22 e 25. O episódio rendeu uma confusão e afetou a realização das partidas entre Vasco x Macaé e Madureira x Resende que, após terem sido programadas inicialmente para este domingo, serão disputadas na próxima semana.

O DECRETO E OS SEUS DESDOBRAMENTOS

A Prefeitura voltou atrás na decisão inicial e colocou apenas o Tricolor das Laranjeiras e o Alvinegro no texto, suspendendo as partidas envolvendo ambas as equipes o dia 25 de junho. Crivella anunciou que vai republicar o texto neste domingo. Inicialmente, a partida entre Vasco e Macaé seria mantida para as 16h, em São Januário.

Porém, após a confirmação do jogo, a Rede Globo afirmou que não iria transmitir a partida do Cruz-Maltino com a equipe macaense, que havia antes divulgado. Com a publicação do decreto anterior, a empresa já havia desmobilizado as suas equipes de transmissão e também do canal Premiere.

Já havia uma movimentação nos bastidores para que, caso o decreto fosse mantido, o confronto entre Vasco e Macaé fosse realizado no estádio Elcyr Resende, em Saquarema. Isso porque, em nota, a Ferj afirmou que "continua fiel ao princípio de só realizar partidas do Campeonato Carioca 2020 com autorização do órgão competente". No entanto, o decreto do Crivella se referia somente ao município do Rio. Fora da capital estava liberado.

Em um vídeo antes da assessoria se pronunciar sobre a mudança, Marcelo Crivella já aparecia dizendo que o veto altera apenas as partidas de Fluminense e Botafogo, mesmo que o texto publicado no Diário Oficial não especificasse os clubes. Isso causou uma confusão ao longo da tarde.

- O decreto suspende os jogos de futebol até a próxima quinta-feira apenas para que os protocolos de vigilância sanitária apresentados pela Federação se adaptem aos nosso da prefeitura. Basicamente, ficam suspensos os jogos do Botafogo e do Fluminense. E a gente pede a compreensão de todos - disse Crivella, no vídeo.

Outro jogo também foi confirmado para este domingo: Madureira e Resende acontecerá em Conselheiro Galvão. Quando tudo parecia definido, por volta das 22h, a Ferj oficializou nova mudança: a pedido dos dois clubes, a partida envolvendo o Cruz-Maltino e Macaé mudou para a quarta-feira, dia 25h, às 21h30. Anova data permite a transmissão do jogo por parte da TV aberta e no PPV e o pagamento dos direitos de imagem aos dois elencos.

O Tricolor Suburbano só jogará na quinta-feira com o Gigante do Vale, às 15h.

RESPOSTA DO STJD

Ao mesmo tempo, Fluminense e Botafogo ainda aguardam a decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) sobre a alteração das datas de seus jogos. Em nova mediação neste sábado, os clubes não chegaram a um acordo com a Ferj para realização dos jogos. Por isso, a decisão ficou nas mãos do presidente do STJD, Paulo César Salomão Filho.

Havia a expectativa desse despacho sair ainda neste sábado, mas a resposta ficou para domingo. Flu e Bota mantêm a postura de não entrar em campo na segunda-feira, mesmo que o novo decreto libere a prática.

*Atualizado às 22h49























Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também