Criticando árbitro, Lomba diz que não foi pênalti de Iago em Kanu

Gazeta Press

Marcelo Lomba rompeu o silêncio dos jogadores do Inter ao deixarem o gramado do Barradão nesta quinta-feira, logo após a eliminação na Copa do Brasil diante do Vitória, que venceu por 1 a 0 no tempo regulamentar e garantiu a vaga nas oitavas de final nas cobranças de pênalti. O goleiro fez questão de criticar a arbitragem do paranaense Rafael Traci, que assinalou um pênalti a favor dos baianos no final do segundo tempo.

“Fizemos uma partida boa. Honestamente, não achei que foi pênalti. O Iago veio no lance e o Kanu, muito maior do que ele, se jogou no chão. (Nos pênaltis) O goleiro (Caíque) se adiantava e ele (árbitro) passivo. Mas escapou, e a gente vai ter que correr atrás agora”, disparou, discordando da marcação que acabou levando o jogo para os pênaltis.

O arqueiro colorado até chegou a defender uma das cobranças do adversário, de Nickson, mas não conseguiu evitar o revés. Camilo, Fabiano e Patrick converteram suas penalidades, mas Nico López e Gabriel Dias desperdiçaram, parando em Caíque, e sacramentaram o triunfo do time da casa.

O Inter volta a campo neste domingo, às 16h (no horário de Brasília), contra o Palmeiras, no Estádio do Pacaembu, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

 

 

Leia também