Mirando a elite do futebol brasileiro, Botafogo SA começa a temporada com reforços e cuidado orçamentário

LANCE!
·2 minuto de leitura


O Botafogo SA começou a temporada 2021 com um empate por 1 a 1 com o São Paulo na estreia do Paulistão. No ano em que completa 20 anos do vice-campeonato Paulista de 2001, o time de Ribeirão Preto mira o mata-mata do Estadual e o retorno à Série B do Campeonato Brasileiro apostando em mudanças em sua gestão de futebol.

Veja quem Tite pode chamar e deixar fora de convocação nesta sexta

Com Alexandre Gallo no comando técnico, contratado pelo executivo de futebol Paulo Pelaipe, o elenco do Botafogo apresentou 17 reforços para este início de temporada. Entre eles, alguns veteranos, como Victor Ramos e Rafael Marques, ambos ex-jogadores do Palmeiras.

Pelaipe, contratado a convite do gestor Adalberto Baptista, falou sobre a realidade financeira do clube e como isso afetou o planejamento para 2021.

- A realidade do Botafogo S/A é de pagar em dia, de cumprir com aquilo que promete para os atletas. Isso é muito importante neste momento em que a grande maioria dos clubes estão com salários e compromissos atrasados. E aqui no Botafogo S/A todos os compromissos estão rigorosamente em dia. Temos critério técnico e financeiro para formatar a equipe de 2021 - explicou.

SIMULE A DECISÃO DA COPA DO BRASIL ENTRE GRÊMIO E PALMEIRAS

O Botafogo está no no Grupo A do Campeonato Paulista, ao lado de Corinthians, Inter de Limeira e Santo André. Com o primeiro ponto somado no Morumbi, o dirigente espera ver a equipe nas quartas de final do estadual e disse aonde quer ver o clube nos próximos anos.

- Nosso objeto é que em 2022 o clube esteja novamente na Série B, porque o grande objetivo do Botafogo S/A é que nos próximos três anos o clube esteja disputando novamente a Série A do futebol brasileiro - projetou o executivo de futebol.