Cristiano Ronaldo se torna 1º jogador a marcar em 5 Copas do Mundo

O atacante português Cristiano Ronaldo se tornou nesta quinta-feira o primeiro jogador a marcar gols em cinco edições de Copa do Mundo, ao abrir o placar na vitória de Portugal sobre Gana por 3 a 2 no Catar.

Quando o jogo estava 0 a 0, Cristiano recebeu um cruzamento na área e foi derrubado pelo zagueiro ganês Mohammed Salisu, lance que o árbitro americano Ismail Elfath marcou pênalti, cobrado e convertido pelo camisa 7.

Foi o oitavo gol de Cristiano em 18 jogos em Mundiais.

"Ser o primeiro jogador a marcar em cinco Mundiais é algo que me deixa muito orgulhoso", comemorou 'CR7' em entrevista depois da partida.

"É um grande momento, minha quinta Copa do Mundo, vencemos, começamos com o pé direito. É uma vitória muito importante, sabemos que vencer a primeira partida é fundamental", acrescentou.

Mas o capitão português só respondeu a uma pergunta dos jornalistas, que desejavam saber seu estado de ânimo depois do gol histórico marcado apenas dois dias depois do anúncio de sua saída do Manchester United.

"O mais importante era a vitória do time. O capítulo está encerrado. Começamos bem, ganhamos, pude ajudar a minha equipe. O resto não conta", respondeu o jogador, de 37 anos, oficialmente no mercado em busca de um novo clube.

- De 2006 a 2022 -

Cristiano, maior artilheiro da história entre todas as seleções, começou sua caminhada em Copas do Mundo em 2006, na Alemanha, marcando na vitória por 2 a 0 sobre o Irã, na segunda rodada da fase de grupos.

Seu segundo gol, no Mundial seguinte (África do Sul-2010), foi marcado na vitória portuguesa por 7 a 0 sobre a Coreia do Norte.

No Brasil, em 2014, também marcou na vitória sobre Gana por 2 a 1, sendo esta a única edição em que Portugal foi eliminado na primeira fase com Cristiano Ronaldo em campo.

Sua melhor participação foi no Mundial da Rússia, em 2018, com quatro gols, três deles na estreia contra a Espanha.

Com o gol marcado nesta quinta-feira sobre Gana, Cristiano superou Lionel Messi, que em cinco Copas do Mundo marcou em quatro delas, a última vez já no Catar. O craque argentino passou em branco em 2010.

psr/iga/dr/cb