Cristiano Ronaldo reestreia com 2 gols em goleada do Manchester United

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Logo no primeiro jogo em seu retorno ao Manchester United, Cristiano Ronaldo garantiu o que se espera dele: gols e vitória.

Seu time recebeu o Newcastle pela quarta rodada da Premier League neste sábado (11) e goleou por 4 a 1, com dois gols marcados pelo astro.

Aos 47 minutos do primeiro tempo, o atacante português aproveitou um rebote do goleiro Freddie Woodman e, da pequena área, balançou as redes. Seis minutos após Javier Manquillo empatar, aos 11 do segundo tempo, ele voltou a balançar as redes, aproveitando enfiada de bola de Luke Shaw pata tocar entre as pernas do goleiro.

Outro português, o meia Bruno Fernandes marcou o terceiro em bonito chute de fora da área aos 35. Aos 47, o inglês Lingard fez o quarto após envolvente troca de passes.

O United soma agora dez pontos, com três vitórias e um empate, na liderança da liga inglesa pelo menos antes das partidas de Chelsea, Liverpool e Everton na rodada.

Doze anos após ter deixado a equipe pela qual havia sido eleito pela primeira vez melhor do mundo e conquistado o título europeu (ambos em 2008), Ronaldo, 36, voltou a festejar com a torcida no estádio Old Trafford.

A contratação do português três vezes campeão inglês, vencedor da Copa da Inglaterra, da Copa da Liga, da Champions League e do Mundial de Clubes em sua primeira passagem (entre 2003 e 2009) energizou a torcida do Manchester United como não acontecia desde o último título da liga, em 2013.

Revelado pelo português Sporting, ele explodiu na Inglaterra e se consagrou no Real Madrid. No time espanhol, conquistou 16 troféus: quatro Ligas dos Campeões (três delas seguidas), três Mundiais, dois Campeonatos Espanhóis, duas Copas do Rei, duas Supercopas Espanholas e três Supercopas Europeias. Tornou-se ídolo, com 450 gols em 438 jogos, e recebeu mais quatro vezes o prêmio de melhor do mundo.

Chegou à Juventus em 2018. Marcou 101 gols em 134 partidas, mas não conseguiu levar o clube ao sonhado título da Champions League --venceu duas vezes o Campeonato Italiano.

De volta a Manchester, a dúvida dos torcedores é se Cristiano Ronaldo, antes ponta e agora centroavante finalizador, pode ser a peça que faltava para o United dominar de novo o cenário nacional -os primeiros sinais foram positivos.

Nas últimas quatro temporadas, seus maiores rivais foram campeões da Premier League: o Manchester City três vezes (2018, 2019 e 2021), e o Liverpool, uma (2020).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos