Cristiano Ronaldo: Portugueses dão opinião polêmica sobre titularidade do astro

Maior parte dos torcedores de Portugal deseja ver Cristiano Ronaldo no banco contra a Suíça.  (Photo by Ayman Aref/NurPhoto via Getty Images)
Maior parte dos torcedores de Portugal deseja ver Cristiano Ronaldo no banco contra a Suíça. (Photo by Ayman Aref/NurPhoto via Getty Images)

A seleção portuguesa se prepara para iniciar a fase mata-mata da Copa do Mundo do Catar. O confronto das oitavas de final será contra a Suíça, nesta terça-feira (06), às 16h. Antes do confronto, o jornal português A Bola fez uma enquete: Cristiano Ronaldo deve manter a titularidade na seleção nacional?

Para a surpresa de muitos, 70% dos portugueses disseram que não. Ou seja, Cristiano Ronaldo deveria começar a partida contra a Suíça no banco de reservas. Apenas 30% concordam com a manutenção do atacante no time titular.

Leia também:

Nos comentários feitos na página da enquete, muitos portugueses explicam porque desejam CR7 no banco contra a Suíça. "O Ronaldo com o Santos estão a afundar a seleção... ja não é tão rapido e matador..seria bom para ele jogar os ultimos 30 minutos...os adversarios com o cansaço dos 60/70 primeiros minutos, ai o Cristiano poderia levar a melhor em algumas situações", escreveu um torcedor.

"Qual è afinal a razâo, porque tem sido titular? No clube não era titular, nâo está em forma, diz que quer lutar por titulos, mas de 7 em 7 dias está doente, nâo lhe apetece treinar, seja a desculpa que for. É titular por favor, depois na substituiçâo ainda ofende o treinador. Tal mal educado, nunca vi!", escreveu outro português.

No meio das críticas há alguns torcedores que defendem a permanência de CR7 no time titular. "Todos querem o ver cair...mas nés Portugueses temos um lider, um campeão, um vencedor. Nunca um Português fez tanto medo como ele. Ronaldo não é só os gols. So a presença dele dá liberdade aos outros. O mundial dele vai começar agora", afirmou um torcedor.

Mundial de Cristiano Ronaldo

CR7 chegou ao Catar envolvido em polêmicas. Antes do torneio começar, concedeu ume entrevista bombástica em que criticou o Manchester United e o treinador Erik ten Hag. Por causa dessas falas, o atacante teve o contrato rescindido com os Red Devils.

Em campo, as atuações do atacante estão abaixo. Até agora, em três partidas, marcou apenas um gol, de pênalti, na estreia contra Gana. Na partida contra a Coreia do Sul, que fechou a fase de grupos, foi substituído e deixou o gramado irritado.