"Cristiano Ronaldo não está no seu melhor, mas ainda é a estrela do Real Madrid", afirma Sávio

O brasileiro Sávio foi campeão da Champions League, por três vezes, tem experiência de sobra. Na visão dele, Cristiano Ronaldo está tendo uma temporada mais fraca do que o normal, mas ainda é a grande estrela do Real Madrid e também tem muito a oferecer ao clube merengue.

CR7 tem 32 gols e 12 assistências em 40 partidas em 2016-17 e pode, nesta campanha, levantar a taça da La Liga e da Champions League, algo que Lionel Messi, seu rival dos últimos anos na briga pelo prêmio de melhor do mundo, não pode, já que o Barcelona está eliminado da UCL.

"Estamos acostumados a ver Cristiano Ronaldo marcar 40, 50, 60 gols a cada ano", disse Sávio ao Omnisport.

Cristiano Ronaldo Zinedine Zidane Real Madrid

(Foto: Getty Images)

VEJA TAMBÉM:

"É natural e também normal no futebol, às vezes, cair um pouco, alternar o seu desempenho. Cristiano Ronaldo não está no melhor ritmo nesta temporada, como nas anteriores, mas se você verificar os números de Cristiano, eles ainda são números muito importantes, números muito fortes", analisou ele.

"Talvez seja sua forma física, eu não sei... mas é difícil manter um desempenho regular e alto por cinco, seis, sete temporadas, mas acho que ele ainda tem muito futebol para dar", afirmou o brasileiro.

O Real Madrid enfrenta o Atlético de Madrid nesta terça-feira (2), às 15h45 (de Brasília), no Santiago Bernabéu. Sávio acredita que a força individual de CR7 e de Griezmann, do outro lado, serão decisivas no confronto da semifinal da Champions.

Antoine Griezmann Real Madrid Atletico Madrid La Liga


(Foto: Getty Images)

"É um jogo complicado para o Madrid toda vez. O Atlético é um time muito bem treinado, com um jogo tático muito importante e hoje em dia tem jogadores com muita qualidade técnica, como Griezmann e outros. Mas quando você está falando de um dérbi você não pode dizer que uma equipe é melhor do que o outra, ou uma equipe está jogando melhor. Em um dérbi, qualquer coisa pode acontecer", apontou ele.

"Disputei muitos clássicos na Espanha, na França, no Brasil e é algo diferente, mas o Real Madrid pode passar para a final mais uma vez, mas vai ser muito difícil. Quando você joga estas partidas, você deve ser muito cauteloso, estar ciente e ter uma boa estratégia. Isso é muito importante", confirmou ele.