Cristiano Ronaldo marca, e Manchester United vence o Burnley no Campeonato Inglês

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Cristiano Ronaldo afirmou que ainda pretende jogar mais algumas temporadas (Foto: OLI SCARFF/AFP)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Manchester United
    Manchester United
    Ao VivoHojeAmanhãx--|
  • Cristiano Ronaldo
    Cristiano Ronaldo
    Ao VivoHojeAmanhãx--|


Após empate com o Newcastle na última rodada, o Manchester United voltou ao caminho das vitórias nesta quinta-feira. Em Old Trafford, os Red Devils venceram o Burnley por 3 a 1, com gols de McTominay, Sancho e Cristiano Ronaldo, enquanto Lennon diminuiu para os visitantes. Com o resultado, o time de Ralf Rangnick chega à sexta colocação, com 31 pontos.

+ João de Deus, auxiliar de Jorge Jesus, teve papel chave na má relação do Mister com o elenco do Benfica

O primeiro tempo foi bastante movimentado em Old Trafford, com quatro gols. Aos sete minutos, McTominay abriu o placar em bonito chute colocado após domínio errado de Cristiano Ronaldo. Aos 26', o time da casa chegou ao segundo gol, com Sancho. O atacante fez boa jogada pelo lado esquerdo, cortou dois marcadores e bateu no canto do goleiro.

+ Dortmund cogita nova redução salarial, mas não descarta renovação com Erling Haaland

Faltava o do homem para o primeiro tempo ficar completo, então assim foi feito. Aos 34', McTominay chutou, a bola bateu na trave e voltou livre para Cristiano Ronaldo, que só escorou para o gol. Três minutos depois, o Burnley diminui após boa jogada de Lennon, que avançou sozinho, driblou Maguire e tocou com categoria no canto de De Gea.

No segundo tempo, a temperatura do jogo baixou e poucas oportunidades foram criadas pelas duas equipes. Pelo lado do United, quem levou maior perigo na etapa final foi McTominay em chute colocado de fora da área. Já o Burnley não ofereceu maiores dificuldades para De Gea. Nos minutos finais, a equipe da casa só administrou o resultado até o apito final.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos