Cristiano Ronaldo e empresário discutiram por ida ao Al-Nassr, revela jornalista português

Cristiano Ronaldo chegou ao Al-Nassr com outro agente (FAYEZ NURELDINE / AFP)


Super agente no mundo do futebol, Jorge Mendes não concordou com a transferência de Cristiano Ronaldo, seu principal cliente, ao Al-Nassr. Segundo Vítor Pinto, jornalista do "Record", o empresário e o jogador tiveram uma discussão antes de sua contratação, mas as palavras do intermediário não foram bem aceitar pelo camisa sete.

- Existiam grandes reticências em relação a contratação de Cristiano Ronaldo. A prova disso é que foi apresentado pelo Al-Nassr. Não com o PSG, com uma equipe italiana, um retorno ao Real Madrid, uma chegada no Barça ou no Bayern de Munique. Foi no Al-Nassr. Jorge Mendes teve a coragem de dizer algumas verdades que Cristiano Ronaldo não aceitou bem. E decidiu que para ir à Arábia Saudita como jogador livre, não precisaria de um agente.

De acordo com Pinto, uma série de fatores contribuíram para que Cristiano Ronaldo não fosse especulado em grandes clubes da Europa. As polêmicas no Manchester United com Ten Hag e em Portugal, durante a Copa do Mundo, com Fernando Santos não contribuíram com uma visão positiva sobre o que o veterano ainda poderia entregar.

As negociações do astro com o Al-Nassr foram conduzidas por Ricardo Regufe, não por Jorge Mendes, segundo a imprensa espanhola. O empresário e amigo pessoal de Cristiano Ronaldo arquitetou a transferência do craque para a Arábia Saudita desde sua saída do Manchester United, em novembro.