Cristiano Ronaldo e Bale, sem conexão contra o Napoli

Os dois jogadores não se encontraram em nenhum momento no San Paolo

O Real Madrid saiu vivo do inferno de San Paolo. Sergio Ramos foi acusado de um "doblete" dos demônios que se escondiam atrás do placar de 1 a do Napoli por conta da desconexão do tridente  entre seus elementos, começando com Gareth Bale e Cristiano Ronaldo que não combinaram entre si em qualquer parte da partida.

O craque português não contou com a sorte para balançar as redes, além da conexão  com o restante de seus companheiros: com Benzema só encontrou uma vez, e sem Bale. Kroos e Marcel se tornaram os seus melhores parceiros, com o principal alvo de seus passes e apoio.

Algo semelhante aconteceu com Bale: dois passes para Benzema e nenhum para CR7. Cardiff e Carvajal foram os seus melhores aliados, com pivô.

No lado oposto se encontrou a atuação de Kroos. O alemão administrou perfeitamente o jogo, com circulação e distribuição a toda equipe merengue. Maestrou na classificação para as quartas de final da Champions League.