Cristiano Ronaldo é o maior artilheiro da história da Eurocopa; veja outras curiosidades

·3 minuto de leitura


A Eurocopa 2021 terá seu pontapé inicial nesta sexta-feira, no Estádio Olímpico de Roma, para o jogo de abertura entre Itália e Turquia, às 16h (de Brasília). A competição, que era para ter sido disputada em 2020 mas que foi adiada por conta da pandemia, terá grandes nomes e um deles, Cristiano Ronaldo, chega para se isolar como maior artilheiro da história do torneio.

Com 9 gols marcados em quatro edições diferentes da competição, o atacante português divide a artilharia histórica do torneio com ninguém menos do que o lendário francês Michel Platini, que ao contrário de Cristiano, marcou todos seus gols em apenas uma edição, em 1984.

>> VEJA A TABELA DA EUROCOPA E SIMULE RESULTADOS

Nos preparativos para mais uma edição da Eurocopa, o LANCE! mostra outras curiosidades históricas sobre o segundo maior torneio de seleções do futebol mundial. Confira!

EUROCOPA 2021 TERÁ 11 SEDES
A edição 2021 (que seria 2020) tem a temática comemorativa dos 60 anos de história da competição. Por conta desta data marcante, a Uefa decidiu que 11 países diferentes seriam sedes dos jogos, são eles: Inglaterra (Wembley), Holanda (Amsterdã Arena), Azerbaijão (Estádio Olímpico de Baku), Romênia (Arena Nationala), Hungria (Puskás Arena), Dinamarca (Parken Stadium), Escócia (Hampden Park), Allianz Arena (Alemanha), Itália (Estádio Olímpico de Roma), Rússia (Gazprom Arena) e Espanha (Estadio La Cartuja).

JOGADORES COM MAIS JOGOS PELA COMPETIÇÃO
Além de ser o maior artilheiro da história da Eurocopa, Cristiano Ronaldo também é o jogador com mais jogos pelo torneio. O português tem 21 jogos até aqui, e lidera o ranking. Completam o Top 3 ninguém menos do que Bastian Schweinsteiger, com 18 jogos, e Gianluigi Buffon, com 17 partidas.

Valdés, Fàbregas, Iniesta e Busquets - Espanha, Eurocopa 2012
Valdés, Fàbregas, Iniesta e Busquets - Espanha, Eurocopa 2012

Espanha venceu a Euro 2012 (Foto: FRANCK FIFE / AFP)

SELEÇÕES COM MAIS TÍTULOS
A 16ª edição da Eurocopa pode trazer um desempate no topo de maiores vencedores, assim como trazer um empate triplo. Alemanha (1972, 1980 e 1996), e Espanha (1964, 2008 e 2012), são as duas maiores vencedoras com três títulos cada, e a França (1984 e 2000) pode se igualar caso realmente faça valer o favoritismo desta edição.

MAIOR GOLEADA
A vitória mais acachapante da história da Eurocopa aconteceu na edição de 2000. Nas quartas de finais, a Holanda aplicou um sonoro 6 a 1 na Iugoslávia, com uma atuação memorável de Kluivert, autor de três gols na partida, e de Overmars, que marcou duas vezes. Govedarica, contra, completou a goleada.

JOGOS SEM SOFRER GOLS
Os goleiros merecem seu destaque. Dois gigantes da posição dividem o título de mais jogos sem sofrer gols na competição: Edwin Van der Sar e Iker Casillas. O holandês e o espanhol ficaram sete jogos sem sofrer gols, respectivamente.

APENAS 3 SELEÇÕES FORAM CAMPEÃS EM CASA
Na última edição da competição, em 2016, a França teve a chance de conquistar a Eurocopa em Paris, mas esqueceu de combinar com Portugal, que venceu na prorrogação por 1 a 0, gol de Éder. Portugal, em 2004, também teve a chance de conquistar o título em Lisboa, mas foi derrotado pela Grécia, por 1 a 0. Sendo assim, a última seleção a ser campeã jogando em casa foi a própria França, em 1984. Além da seleção francesa, Itália em 1968 e Espanha em 1960.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos