Criador do 'Esse dia foi louco', Carter valoriza zoeira no futebol e lembra início da página

Matheus Costa* e Rodrigo Portella*
LANCE!


O "De Casa Com o LANCE!" recebeu um convidado ilustre da internet, nesta quarta-feira. Carter Batista, dono do perfil "Esse Dia Foi Louco", que faz sucesso nas redes sociais pelo tom humorístico que aborda o futebol, conversou com o L! m uma live. O advogado diz que se delicia com a zoeira no esporte.

- Uma das partes mais deliciosas do futebol é a provocação. Você sempre quer ver o time do seu amigo mal para poder tirar onda. Essas são manifestações puras do clubismo. Comecei a zoar meu time como uma terapia. Eu valorizo, acima de tudo, o futebol nacional - disse ele, que ainda deixou uma cutucada:

- Outro dia escrevi um texto dizendo que o clubismo é igual amor de mãe. Se a mãe tiver que inventar três mundiais, como o Botafogo outro dia, vai fazer porque quer ver o time bem - se divertiu ele falando do recente pedido do Alvinegro pelo reconhecimento de títulos do passado.



Para os que observam Carter como um cara sério e com postura firme, o advogado que resolveu fazer humor na internet e simplesmente viralizou absurdamente disse que sempre gostou das brincadeiras no futebol e contou que o esporte abriu portas em sua vida.

- Sempre tive uma relação com o esporte. Fui atleta até a metade da faculdade. Era atleta de judô e, inclusive, fiz faculdade com bolsa de atleta. Minha formação se deve ao esporte. Fui o primeiro membro da minha família a ter acesso ao ensino superior. O esporte me proporcionou a fazer faculdade.

Esportista desde jovem, ele revelou como surgiu a ideia de criar a página.

- Em 2014, a minha esposa começou a fazer sucesso no Instagram falando de maternidade e isso me motivou a falar de futebol. Acabei encontrando um público que gostava do assunto e cresci - falou Carter.

Ainda no bate-papo no Instagram do L!, o influenciador confessou que já foi reconhecido como o criador dor da página e que ele deixar o anonimato abriu portas.

- No início, até 2016, eu não aparecia. Era uma figura anônima. Eu tinha receio de ter algum conflito. Mas resolvi aparecer e só deu coisas boas a partir disso. Quando idealizei, era para postar foto de algum lance marcante e deixar para as pessoas comentarem a legenda. Quando você coloca uma foto do Gabigol dividindo a bola com o Pinola não precisa de mais nada, as pessoas comentam. Mas ficou saturado até o ponto de alguém comentar que só tinha a mesma legenda e que iria dar unfollow. Foi quando resolvi começar a escrever mais.

SOBRE O 'DE CASA COM O LANCE!'

O "De casa com o LANCE!" é um programa apresentado exclusivamente através do Instagram do site. No formato home office, nossa equipe irá receber convidados exclusivos de diferentes esferas, como atletas, profissionais e influenciadores digitais, além da participação dos leitores com perguntas ao vivo. Para não ficar de fora, acompanhe o nosso Instagram (@diariolance) e o Twitter (@lancenet).

*sob supervisão de Tadeu Rocha














Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também