Criador e criatura? Benzema iguala marca histórica de Raúl, seu antecessor no Madrid

Nathalia Almeida
·1 minuto de leitura

O resultado final não foi dos melhores, mas a noite poderia ter sido pior para o Real Madrid não fosse, mais uma vez, o faro de gols aguçado de seu camisa 9. Recebendo o Chelsea pelo jogo de ida das semifinais da Champions, o maior campeão europeu saiu atrás ainda nos primeiros minutos de duelo, mas conseguiu evitar a derrota através de Karim Benzema: placar final de 1 a 1, que mantém tudo em aberto para a volta em Londres.

O tento anotado pelo centroavante francês, aos 29' da etapa inicial, praticamente selou o que há muito se projetava para ele: Benzema ultrapassará a lenda Raúl González no ranking de maiores artilheiros da história da Champions. Ele alcançou a marca de 71 gols anotados na competição europeia ao balançar as redes do Chelsea, mesmo número ostentado pelo espanhol, ídolo atemporal do torcedor merengue.

Como destaca o site da UEFA, a frente deles estão apenas Robert Lewandowski (73), Lionel Messi (120) e Cristiano Ronaldo (134).

Raúl e Benzema foram companheiros por uma temporada | Jasper Juinen/Getty Images
Raúl e Benzema foram companheiros por uma temporada | Jasper Juinen/Getty Images

Benzema e Raúl González dividiram os vestiários madridistas ao longo de uma temporada: 2009/10, a última do espanhol com a camisa do Real. O centroavante francês, por sinal, foi contratado para ser o 'herdeiro' da referência ofensiva da equipe. Sem dúvida, uma passagem de bastão muito bem sucedida, afinal de contas, o atual camisa 9 já eternizou seu nome no Santiago Bernabéu com taças e recordes artilheiros nestes 12 anos de casa.

Chelsea e Real Madrid voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, dia 5 de maio, valendo vaga na grande decisão da Champions League.