Cria do Fluminense, Kalani Almeida está entre os 11 mais valiosos da base em Portugal

LANCE!
·2 minuto de leitura


Todo jovem jogador brasileiro sonha em ser jogador profissional pelos seus clubes depois de passar um longo período na base se desenvolvendo, não só como jogador, mas também como homem. Para o jovem brasileiro Kalani Almeida, o caminho tem sido diferente do que a maioria aqui no Brasil. Kalani começou na base do SC Brasil, de Niterói-RJ, e no futsal do Fluminense, para depois ir para o campo em Xerém.

Do Tricolor foi para Portugal tentar a sorte ao lado da família. Chegou no Naval, clube da terceira divisão e, no ano passado, desembarcou no Boavista onde está até hoje. Kalani despertou a atenção do clube, tanto que participou da pré-temporada do time profissional. Chegou a entrar no amistoso na pré-temporada contra o Tondela, na goleada do Boavista por 4 a 1. Foi relacionado na estreia do Boavista contra o Nacional no jogo de abertura da Liga NOS.

- Quando idealizei ser jogador profissional, sempre coloquei como meta que teria que trabalhar duro e forte, respeitando o tempo e as oportunidades. Graças a Deus vou jogando e tendo as chances que preciso para concluir as metas sem queimar etapas – afirmou o jovem jogador de 18 anos.

Confira a tabela de classificação do Campeonato Brasileiro Série A

Kalani sabe que o caminho percorrido até aqui foi árduo. A votação, que definiu os 11 eleitos do time ideal da Liga Revelação Sub-23, foi realizada pelo perfil Transfootgram, perfil especializado nas divisões de base em Portugal. A escolha foi da seguinte maneira: eles foram selecionados um time por escolha deles da região norte e um time também por escolha deles região sul.

A votação por posição para uma seleção com os escolhidos pelos adeptos (torcedores), indicando os atletas que poderiam ser votados. Só poderiam ter direito a voto apenas os que foram pelos menos titulares em cinco jogos.

- Fico lisonjeado por ter sido eleito pelos os torcedores na seleção da Liga Revelação Sub-23. É sinal que estamos no caminho certo. Vamos continuar o trabalho e esperar as oportunidades para poder aproveitá-las e realizar o sonho de alcançar as metas como jogador de futebol – finalizou Kalani.