Crespo volta ao comando do São Paulo em busca de vitória para trazer tranquilidade

·1 min de leitura


O duelo entre Internacional e São Paulo marca a volta do técnico Hernán Crespo ao comando do Tricolor depois de se recuperar da Covid-19. Diagnosticado com a doença no dia 26 de junho, o treinador ficou de fora da rotina de treinos e consequentemente das partidas do Tricolor paulista.

> GALERIA: Paulinho Boia, Junior Tavares… Confira os jogadores que estão emprestados pelo São Paulo

Ao longo do seu período afastado, o São Paulo disputou três partidas, todas sob o comando do auxiliar Juan Branda. Empates contra Ceará (1x1) e Corinthians (0x0), fora de casa, e derrota para o Red Bull Bragantino (2x1), no Morumbi, no último domingo.

>> Confira a tabela do Brasileirão e simule os próximos jogos

Logo no seu primeiro treino após o retorno, Crespo já teve que encarar uma turbulência. A diretoria são-paulina se reuniu com a comissão técnica e cobrou uma reação do elenco nas próximas partidas. Ele segue tendo o apoio da diretoria, mas uma recuperação no Brasileirão é essencial para uma tranquilidade nos arredores do CT da Barra Funda.

Na 17ª posição do Campeonato Brasileiro, com apenas cinco pontos, o Tricolor quer uma boa sequência de resultados para ganhar moral até as oitavas de final da Libertadores, contra o Racing-ARG, no próximo dia 13 de julho.

Até aqui, Crespo comandou o São Paulo em 32 jogos, com 15 vitórias, 11 empates e apenas seis derrotas, um aproveitamento de 60%. Ele espera melhorar os seus números e também a moral do time contra o Colorado.