Crespo vê resultado injusto e elogia atuação de jovens do São Paulo: 'Merecíamos ganhar'

·1 minuto de leitura

O resultado final de 1 a 1 conquistado no Uruguai, diante do Rentistas, manteve o São Paulo na liderança de seu grupo na Libertadores, mas não foi suficiente para sacramentar a classificação antecipada do Soberano às oitavas. Recheado de garotos em campo - a comissão técnica tricolor optou por preservar boa parte dos titulares -, o Soberano fez bom papel principalmente na etapa final e teve chances de sair vitorioso, mas viu Vitor Bueno parar em Rossi em cobrança de pênalti.

Em entrevista concedida após o encerramento da partida (via UOL Esportes), Crespo fez questão de elogiar a atuação dos jovens de Cotia e ressaltou que se fosse para o jogo ter um vencedor, este teria sido o São Paulo. Para o técnico argentino, o Soberano foi dominante no segundo tempo e merecia um resultado melhor.

São Paulo de Crespo chegou aos 8 pontos conquistados | ERNESTO RYAN/Getty Images
São Paulo de Crespo chegou aos 8 pontos conquistados | ERNESTO RYAN/Getty Images

"Acredito que merecíamos ganhar. Independentemente do adversário, quero parabenizar o time, que teve a molecada, muita gente que nasceu em Cotia. Estou muito feliz por eles. No primeiro tempo faltou um pouco de construção de jogo. Mas, no segundo tempo, jogamos realmente muito bem. O empate, pessoalmente, penso que é injusto. Mas, estou muito feliz pela evolução de muitos jogadores que jogaram hoje", afirmou.

Com o empate, o São Paulo foi aos 8 pontos totais na Libertadores, mantendo a liderança do Grupo E, à frente do Racing (ARG). O time argentino soma os mesmos 8 pontos, mas está em desvantagem no saldo de gols. A equipe do Morumbi volta a campo já na próxima sexta-feira (14), quando encara a Ferroviária pelas quartas de final do Campeonato Paulista.