Crespo faz história ao derrubar outro jejum e se tornar o oitavo treinador estrangeiro a vencer o Paulistão

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Campeão Paulista de 2021 pelo São Paulo, o treinador Hernán Crespo não só escreveu seu nome na história do clube, como na história do futebol paulista ao encerrar um período de 46 anos sem um treinador estrangeiro vencer o torneio estadual.


A última vez que o Paulistão foi conquistado por um treinador estrangeiro foi em 1975, também com o São Paulo e também com um argentino. O treinador histórico do Tricolor, José Poy foi o técnico vencedor da edição em questão.

Agora, Crespo se junta a lista seleta de treinadores de outros países que já venceram o campeonato, se tornando o oitavo da história a atingir a conquista.

Antes dele, vieram Humberto Cabelli (URU), Joreca (POR), Ventura Cambom (URU), Caetano Di Domenico (ITA), Jim López (ARG), Bela Gutman (HUN) e José Poy (ARG).

O curioso é que desses outros sete treinadores, quatro venceram pelo São Paulo e três pelo Palmeiras, adversário do Tricolor na final de 2021 e treinado por outro estrangeiro, o português Abel Ferreira.

Abel e Crespo disputaram o oitavo lugar na lista, e o argentino não deixou a relação ficar empatada, sendo o quinto treinador estrangeiro da história do São Paulo a se consagrara campeão estadual, ao vencer o time do português por 2 a 0 no Morumbi.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos